Portal Correio do Agreste - A serviço do povo!

Sexta-feira, 19 de Julho de 2024
REDEC
REDEC

FUTEBOL

Quatro jogadores argentinos são suspensos de partida contra o Brasil por entrada irregular no país

Atletas passaram pelo Reino Unido, mas omitiram essa informação para conseguir desembarcar no Brasil

Marcone Pedro
Por Marcone Pedro
Quatro jogadores argentinos são suspensos de partida contra o Brasil por entrada irregular no país
Legenda: Giovani Lo Celso está entre os atletas suspensos do jogo Foto: Carl de Souza/AFP
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

Quatro jogadores da Argentina foram suspensos da partida contra o Brasil pelas Eliminatórias da Copa porque entraram irregularmente no país. Emiliano Martinez, Emiliano Buendia, Giovani Lo Celso e Cristian Romero estão fora do jogo. A informação foi compartilhada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária neste domingo (5).
 
Segundo o órgão, os atletas estiveram no Reino Unido nos últimos 14 dias, mas esconderam essa informação, já que o Brasil não aceita passageiros que passaram pelo país europeu neste período por conta da pandemia de Covid-19.
 
"Os atletas descumpriram regra para entrada de viajantes em solo brasileiro, prevista na Portaria Interministerial nº 655, de 2021, a qual prevê que viajantes estrangeiros que tenham passagem, nos últimos 14 dias, pelo Reino Unido, África do Sul, Irlanda do Norte e Índia, estão impedidos de ingressar no Brasil", diz a nota do órgão.
 
Martinez e Buendía jogaram pelo Aston Villa contra o Brentford na Premier League no último dia 28 de agosto em Villa Park. Já Lo Celso e Romero ficaram na reserva em jogo do Tottenham contra Watford no dia 29 de agosto.
ORIGEM
Eles chegaram ao Brasil em voo vindo de Caracas e alegaram não ter passado pelo Reino Unido, África do Sul, Irlanda do Norte e Índia nas últimas duas semanas. A Anvisa considerou a conduta como um "risco sanitário grave". 
 
"Diante da confirmação de que as informações prestadas pelos viajantes eram falsas, a Anvisa esclarece que já comunicou o fato à Polícia Federal, a fim de que as providências no âmbito da autoridade policial sejam adotadas imediatamente", diz a agência em nota.
 
Ainda conforme a Anvisa, os quatro jogadores cumprirão quarentena de 14 dias e devem deixar o país em seguida. Autoridades de saúde de São Paulo foram orientadas sobre o ocorrido e recebeu determinação para que os atletas sejam impedidos de participar de qualquer atividade e devem ser impedidos de permanecer em território brasileiro".

FONTE/CRÉDITOS: diariodonordeste
REDECON
REDECON
JATOBÁ
JATOBÁ

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )