Portal Correio do Agreste - A serviço do povo!

Cozido paraibano da Dona Walkyria

A mãe do chef Carlos Ribeiro, de João Pessoa, ensina a receita que é uma versão do cozido do estado vizinho, Pernambuco
Cozido paraibano da Dona Walkyria
Cozido paraibano

OUVIR NOTÍCIA

Serve: 12 pessoas 
Tempo de preparo: 2 horas e 0 minutos 
Grau de dificuldade: Intermediário 

Corte: Músculo do Traseiro 

Cortes alternativos: Músculo do Dianteiro

Ingredientes
600 g de ossobuco (músculo com osso - dê preferencia aos pedaços em que o osso tenha bastante tutano)
200 g de coxão duro cortado em cubos grandes
200 g de carne de charque escaldada cortada em cubos
1 paio cortado em rodelas grossas
1 linguiça defumada cortada em pedaços grandes
100 g de bacon defumado cortado em cubinhos
1 cenoura grande cortada em quatro
3 batatas médias cortadas ao meio
1 chuchu grande cortado em oito
1/2 repolho cortado em dois (com o centro para que as folhas não se destaquem)
2 batatas doce grandes cortadas em quatro
2 milhos cortados em pedaços
200 g de jerimum (abóbora) cortado em cubos grandes
2 cebolas pequenas inteiras
2 bananas compridas cortadas em três, com as cascas
2 tomates, 1 cebola, 3 dentes de alho, 1/2 pimentão, coentro, sal e pimentão a gosto
2 colheres de sopa de óleo
2 xícaras de farinha de mandioca para o pirão.
Folhas de couve amarradas
Azeite de oliva a gosto


Modo de preparo                         
Em um caldeirão grande, frite ligeiramente as carnes e o bacon no azeite. Retire as carnes, junte os temperos e refogue até começarem a dourar. Junte aproximadamente 4 litros de água, as carnes, o charque, o paio e a linguiça e deixe ferver até que as carnes estejam cozidas, mas bem firmes. Junte então todos os legumes e deixe ferver até que estejam cozidos, mas ainda firmes. Com ajuda de uma escumadeira, retire as carnes e os legumes do caldo e arrume-os separados em duas travessas. Reserve em local aquecido. Faça um pirão com o caldo que ficou na panela juntando farinha de mandioca, aos poucos, sem parar de mexer até engrossar. Vá juntando farinha até obter consistência de um mingau grosso. Regue o pirão com azeite e sirva imediatamente acompanhado de arroz branco.

Saiba mais sobre a origem do Cozido Pernambucano.

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

Senador Georgino Avelino
Câmara aprova requerimento da vereadora Nininha para doação de cestas básicas à famílias...
Câmara aprova requerimento da vereadora Nininha para doação de cestas básicas à famílias carentes do município
VISUALIZAR
Senador Georgino Avelino
Projeto de Lei da Vereadora Maria que institui a medalha do mérito educacional no município...
Projeto de Lei da Vereadora Maria que institui a medalha do mérito educacional no município é aprovado por unanimidade
VISUALIZAR
Rio Grande do Norte
PRF vai leiloar 820 veículos retidos no RN
PRF vai leiloar 820 veículos retidos no RN
VISUALIZAR
Rio Grande do Norte
Privatização da Caern renderia aos cofres do Estado R$ 1,6 bilhão, aponta União
Privatização da Caern renderia aos cofres do Estado R$ 1,6 bilhão, aponta União
VISUALIZAR
NORDESTE
Sobe para dois número de mortos em desabamento de prédio
Sobe para dois número de mortos em desabamento de prédio
VISUALIZAR
MOSSORÓ RN
Três homens são assassinados em cerca de 2 horas em Mossoró, RN
Três homens são assassinados em cerca de 2 horas em Mossoró, RN
VISUALIZAR
Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )