Portal Correio do Agreste - A serviço do povo!

Cozido paraibano da Dona Walkyria

A mãe do chef Carlos Ribeiro, de João Pessoa, ensina a receita que é uma versão do cozido do estado vizinho, Pernambuco
Cozido paraibano da Dona Walkyria
Cozido paraibano

OUVIR NOTÍCIA

Serve: 12 pessoas 
Tempo de preparo: 2 horas e 0 minutos 
Grau de dificuldade: Intermediário 

Corte: Músculo do Traseiro 

Cortes alternativos: Músculo do Dianteiro

Ingredientes
600 g de ossobuco (músculo com osso - dê preferencia aos pedaços em que o osso tenha bastante tutano)
200 g de coxão duro cortado em cubos grandes
200 g de carne de charque escaldada cortada em cubos
1 paio cortado em rodelas grossas
1 linguiça defumada cortada em pedaços grandes
100 g de bacon defumado cortado em cubinhos
1 cenoura grande cortada em quatro
3 batatas médias cortadas ao meio
1 chuchu grande cortado em oito
1/2 repolho cortado em dois (com o centro para que as folhas não se destaquem)
2 batatas doce grandes cortadas em quatro
2 milhos cortados em pedaços
200 g de jerimum (abóbora) cortado em cubos grandes
2 cebolas pequenas inteiras
2 bananas compridas cortadas em três, com as cascas
2 tomates, 1 cebola, 3 dentes de alho, 1/2 pimentão, coentro, sal e pimentão a gosto
2 colheres de sopa de óleo
2 xícaras de farinha de mandioca para o pirão.
Folhas de couve amarradas
Azeite de oliva a gosto


Modo de preparo                         
Em um caldeirão grande, frite ligeiramente as carnes e o bacon no azeite. Retire as carnes, junte os temperos e refogue até começarem a dourar. Junte aproximadamente 4 litros de água, as carnes, o charque, o paio e a linguiça e deixe ferver até que as carnes estejam cozidas, mas bem firmes. Junte então todos os legumes e deixe ferver até que estejam cozidos, mas ainda firmes. Com ajuda de uma escumadeira, retire as carnes e os legumes do caldo e arrume-os separados em duas travessas. Reserve em local aquecido. Faça um pirão com o caldo que ficou na panela juntando farinha de mandioca, aos poucos, sem parar de mexer até engrossar. Vá juntando farinha até obter consistência de um mingau grosso. Regue o pirão com azeite e sirva imediatamente acompanhado de arroz branco.

Saiba mais sobre a origem do Cozido Pernambucano.

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

Esportes
Última rodada da fase classificatória da Série C
Última rodada da fase classificatória da Série C
VISUALIZAR
Esportes
Ministério Público entra com Ação contra Figueirense e investidores
Ministério Público entra com Ação contra Figueirense e investidores
VISUALIZAR
Rio Grande do Norte
Fim de semana reserva alerta de ventos de até 60 km/h em todo o litoral do RN
Fim de semana reserva alerta de ventos de até 60 km/h em todo o litoral do RN
VISUALIZAR
BRASIL
Panelaços explodem pelo País contra Bolsonaro e a devastação da Amazônia
Panelaços explodem pelo País contra Bolsonaro e a devastação da Amazônia
VISUALIZAR
Cidades
Trio se esconde perto de semáforo e toma carro de assalto em Mipibu
Trio se esconde perto de semáforo e toma carro de assalto em Mipibu
VISUALIZAR
Receitas
Culinária Potiguar é destaque durante Semana de Gastronomia em Brasília
Culinária Potiguar é destaque durante Semana de Gastronomia em Brasília
VISUALIZAR
Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )