Portal Correio do Agreste - A serviço do povo!

TRE discute “caso Kerinho”, e Mineiro pode assumir vaga de Beto Rosado na Câmara Federal; SIGA AO VIVO

Processo pode anular votos de candidato nas eleições de 2018 e, com o recálculo, alterar o quadro da banca potiguar na Câmara Federal, com a saída de
TRE discute “caso Kerinho”, e Mineiro pode assumir vaga de Beto Rosado na Câmara Federal; SIGA AO VIVO

OUVIR NOTÍCIA

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) aprecia nesta sexta-feira 22 o processo de registro de candidatura de Kericlis Alves Ribeiro, o “Kerinho”, a deputado federal nas eleições de 2018. O processo pode anular os 8.990 votos do então candidato nas eleições de 2018, e, com isso, alterar o quadro de representantes da Câmara Federal. Siga ao vivo a sessão. A Justiça Eleitoral analisa pedido feito por Fernando Mineiro (PT) para impugnar a candidatura de Kerinho. A defesa do petista alega que Kerinho não cumpriu a regra de descompatibilização do serviço público. Segundo o pedido feito pela defesa de Fernando Mineiro, uma certidão emitida pela Prefeitura de Monte Alegre informa que Kerinho ocupou cargo comissionado na Secretaria de Trabalho, Habitação e Assistência Social entre 1º de fevereiro e 30 de dezembro de 2018. Ou seja, além do prazo estipulado para que ele deixasse o cargo público — em agosto daquele ano. Assim, os votos obtidos por Kerinho devem ser invalidados. A defesa de Kerinho, no entanto, diz que a declaração é falsa. Para o andamento do processo, o juiz pediu à Prefeitura de Monte Alegre informe se Kerinho exerceu o cargo comissionado no período apontado por Fernando Mineiro. Também se pediu que o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) informe se há registro de obrigações previdenciárias decorrentes de vínculo funcional de Kerinho com Monte Alegre no período que especificou. Caso Kerinho seja declarado inelegível, os votos que ele obteve nas eleições 2018 serão anulados. Desta forma, a definição dos representantes para a Câmara teria um novo cálculo do quociente eleitoral, o que tiraria uma vaga da coligação “100% RN I”, formada por Progressistas, MDB, Podemos, DEM e PDT, e beneficiaria a coligação “Do Lado Certo”, formada por PT, PCdoB e PHS. Na prática, sairia Beto Rosado (PP), que conquistou 71 mil votos, e entraria Fernando Mineiro, que obteve 98 mil votos nas eleições de 2018. Assista:

Fonte

Agora RN

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

Senador Georgino Avelino
Novo decreto suspende funcionamento da Barragem, Feira de Carnaúba, Bares, Restaurantes e...
Novo decreto suspende funcionamento da Barragem, Feira de Carnaúba, Bares, Restaurantes e outras atividades em Georgino Avelino
VISUALIZAR
Pandemia
Ministério Público prepara carta à CBF para suspender o futebol no Brasil
Ministério Público prepara carta à CBF para suspender o futebol no Brasil
VISUALIZAR
BRASIL
Itaú demite 50 funcionários que receberam auxílio emergencial
Itaú demite 50 funcionários que receberam auxílio emergencial
VISUALIZAR
Coronavírus
Brasil registra 1.699 mortes por Covid em 24 horas; média móvel continua a subir
Brasil registra 1.699 mortes por Covid em 24 horas; média móvel continua a subir
VISUALIZAR
Educação
Lista de espera do Prouni está disponível para consulta
Lista de espera do Prouni está disponível para consulta
VISUALIZAR
Educação
Núcleo de Tecnologia Educacional de Natal oferece 610 vagas para cursos gratuitos
Núcleo de Tecnologia Educacional de Natal oferece 610 vagas para cursos gratuitos
VISUALIZAR
Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )