Portal Correio do Agreste - A serviço do povo!

Sindicato diz que professores da rede pública só voltam ao trabalho presencial após vacinação contra Covid-19 no RN

Assembleia realizada na segunda (26) após decisão da Justiça determinar que governo do estado libere retorno às aulas também definiu outras condições
Sindicato diz que professores da rede pública só voltam ao trabalho presencial após vacinação contra Covid-19 no RN
Escola Estadual José Fernandes Machado, Machadão, Ponta Negra Natal RN — Foto: Google Street View

OUVIR NOTÍCIA

O sindicato que representa os professores da rede estadual de ensino afirmou que os profissionais só devem voltar ao trabalho presencial nas escolas públicas do Rio Grande do Norte após a vacinação em massa da categoria. A afirmação foi dada após a Justiça estadual determinar que o governo autorize a volta às aulas nas escolas públicas e privadas. A categoria ameaça greve, "se for preciso".

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública (Sinte) ainda informou que vai protocolar uma Reclamação Constitucional junto ao Supremo Tribunal Federal (STF) para tentar derrubar a decisão liminar do juiz Artur Cortez Bonifácio, da 2ª Vara da Fazenda Pública da Comarca de Natal, concedida a pedido do Ministério Público.

O atual decreto estadual autoriza volta às aulas para turmas até o 5º ano do ensino fundamental e da 3ª série do ensino médio em formato híbrido - presencial e remoto - nas redes pública e privada. Apesar disso, o estado ainda não tem data para retomada das aulas nas escolas públicas.

De acordo com a entidade, o assunto foi discutido em assembleia virtual realizada nessa segunda-feira (26) ao longo de quatro horas e meia, com quase 800 professores. Outras condições para o retorno presencial seriam a redução da ocupação dos leitos críticos, a garantia de biossegurança nas escolas e o índice de transmissibilidade abaixo de 1.

 

"De forma unânime, os trabalhadores afirmaram que não dá para voltar a trabalhar presencialmente neste momento, embora desejem, sobretudo porque o trabalho virtual aumentou em duas ou três vezes a carga horária. Lembraram que, ao contrário do que pensa uma parcela da sociedade, não pararam de trabalhar", afirmou o sindicato.

Desde março de 2020, as aulas presenciais foram suspensas no RN, por causa da pandemia. O sindicato afirma que os profissionais tiveram que se desdobrar "para aprender a lecionar neste formato, utilizando dinheiro do próprio bolso para bancar a internet e os dispositivos utilizados", mas consideram que, apesar das dificuldades, antes da imunização, não é possível cogitar a volta à normalidade.

"Ficou acertado que em 13 de maio, um dia após expirar o último decreto fixado pelo Governo, acontecerá nova assembleia virtual. Na ocasião, será avaliada a possibilidade de greve caso a categoria seja obrigada a voltar ao trabalho presencial em plena segunda onda da pandemia", afirmou o Sinte.

 

Secretaria de Educação vai recorrer da decisão

Em entrevista ao Bom Dia RN desta terça-feira (27), o secretário de Educação do RN, Getúlio Marques, afirmou que a decisão da Justiça foi ao encontro do que já está sendo feito no estado. Ele afirmou que o estado vai recorrer da decisão, porque já tinha um acordo firmado para entregar até 12 de maio um plano de retomada para volta às aulas.

 

"Nosso problema não é a escola, são as condições fora da escola. Vamos defender que a pandemia tem que estar um pouco mais reduzida para que a gente possa fazer esse retorno nas escolas públicas", afirmou.

 

Fonte

G1 rn

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

Esportes
Escola de futebol de Natal lança programa de intercâmbio para jovens
Escola de futebol de Natal lança programa de intercâmbio para jovens
VISUALIZAR
BRASIL
INSS fará bloqueio de pagamentos de quem não fizer prova de vida
INSS fará bloqueio de pagamentos de quem não fizer prova de vida
VISUALIZAR
Rio Grande do Norte
Fátima Bezerra solicita ao Ministério da Saúde insumos para kit intubação e equipamentos...
Fátima Bezerra solicita ao Ministério da Saúde insumos para kit intubação e equipamentos hospitalares
VISUALIZAR
NATAL RN
Entrega de moradias em Natal é marcada por confronto entre manifestantes e polícia
Entrega de moradias em Natal é marcada por confronto entre manifestantes e polícia
VISUALIZAR
Economia
Caixa antecipa segunda parcela do auxílio emergencial
Caixa antecipa segunda parcela do auxílio emergencial
VISUALIZAR
Futebol
Tite exalta liderança de “veteranos” Thiago Silva e Daniel Alves
Tite exalta liderança de “veteranos” Thiago Silva e Daniel Alves
VISUALIZAR
Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )