Portal Correio do Agreste - A serviço do povo!

Secretário de Educação diz quando aulas serão retomadas no RN

Para o MPRN, a educação deve ser tratada como atividade essencial
Secretário de Educação diz quando aulas serão retomadas no RN
Foto/Reprodução

OUVIR NOTÍCIA

Após o Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) ajuizar uma Ação Civil Pública (ACP) para que o Governo do Estado seja obrigado a permitir o retorno das aulas presenciais em todas as instituições de ensino públicas e privadas, estaduais e municipais em quaisquer das etapas da Educação Básica, o secretário estadual de educação, Getúlio Marques Ferreira, disse hoje (07), em entrevista à Inter TV, que as aulas só devem ser retomadas após recomendação do comitê científico do estado.

A ação do MP foi ajuizada na última segunda-feira (5) e pede o retorno das aulas de forma híbrida, gradual, segura e facultativa. As escolas da rede pública estadual e também dos municípios potiguares não têm aulas presenciais desde março de 2020, no início da pandemia da Covid-19.

Getúlio disse na entrevista que das 598 escolas na rede estadual, mais de 550 já estão totalmente preparadas com protocolos, sinalização e materiais e higiene para o retorno. "A dependência nossa, a previsão de retorno às aulas, será quando o comitê científico autorizar. Na hora que o comitê científico disser que temos as condições, nós vamos para a linha de frente", disse.

O secretário ainda afirmou que enquanto não há autorização do comitê científico, a pasta segue trabalhando para estruturar as escolas.

"Escola não é como shopping, em que você pode ir resolver alguma coisa em alguns minutos e voltar para casa. O aluno é obrigado a passar quatro horas ali. E mesmo que a gente tenha segurança dentro da escola, ele tem que pegar ônibus lotados. Ainda não vemos essa segurança. Quando o comitê entender que sim, como secretário, vou defender esse retorno", declarou.

MPRN

A ação civil protocolada pelo MP é baseada na Constituição Federal e no Estatuto da Criança e do Adolescente. Para o MPRN, a educação deve ser tratada como atividade essencial, sendo a primeira a retornar e a última a paralisar. E essa paralisação deve ocorrer apenas em caso de justificada necessidade sanitária.

Para abertura e funcionamento das escolas da rede privada, deve haver o cumprimento do que está determinado nos Protocolos Sanitários vigentes, de modo que as medidas de biossegurança sejam rigorosamente cumpridas. Em relação à abertura e funcionamento das escolas das redes públicas estadual e municipais, isso deve ocorrer de acordo com os respectivos Planos de Retomada de Atividades Escolares Presenciais que contemplem os protocolos sanitários e pedagógicos, devidamente elaborados, aprovados e publicados pelos Comitês Setoriais Estadual e Municipais.

Na ação, o MPRN pede que, em caso de eventual necessidade de suspensão das atividades escolares presenciais nas redes pública e privada da educação, o Governo do Estado confira tratamento igualitário, abstendo-se de autorizar apenas a retomada das atividades escolares de forma presencial na rede privada de ensino, em descompasso com a rede pública de ensino.

 No entender do MPRN, o Decreto Estadual 30.458/2021, que passou a vigorar na última segunda (5), “estabelece marco diverso para retomada da mesma atividade e, portanto, com os mesmos riscos epidemiológicos, elegendo como fator de diferenciação o fato de os estabelecimentos pertencerem à rede pública ou privada, o que gera discriminação odiosa, acentuando as desigualdades em vez de reduzi-las, como quer a Constituição Federal”.

 Para o MPRN, não se concebe mais retardar a retomada presencial das atividades das redes estadual e municipais de ensino, visto que desde março de 2020 os alunos atendidos por essas redes estão sem atividades escolares presenciais, ou seja, há mais de 1 ano.

 

Fonte

Nova Cruz Oficial

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

Receitas
Inove com a receita deliciosa do manjar de coco com calda de goiabada
Inove com a receita deliciosa do manjar de coco com calda de goiabada
VISUALIZAR
INTERIOR DO RN
Cunhados são retirados de dentro de casa e executados no interior do RN
Cunhados são retirados de dentro de casa e executados no interior do RN
VISUALIZAR
Policial
Suspeito de estuprar criança de 11 anos é apreendido no interior do RN
Suspeito de estuprar criança de 11 anos é apreendido no interior do RN
VISUALIZAR
Pandemia
RN registra 39 mortes e 770 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas
RN registra 39 mortes e 770 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas
VISUALIZAR
Saúde
RN tem 103 municípios “em risco” de ficar sem oxigênio hospitalar nos próximos 10 dias
RN tem 103 municípios “em risco” de ficar sem oxigênio hospitalar nos próximos 10 dias
VISUALIZAR
Policial
Moto roubada de sargento da PM é encontrada enterrada em Mãe Luíza
Moto roubada de sargento da PM é encontrada enterrada em Mãe Luíza
VISUALIZAR
Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )