Portal Correio do Agreste - A serviço do povo!

Notícias Brasil

Rapaz que viu jovem se afogar no lago após festa prestará serviço comunitário

Natália foi achada morta no Lago Paranoá no dia 1º de abril

Rapaz que viu jovem se afogar no lago após festa prestará serviço comunitário
Foto/Reprodução
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Acusado de omissão de socorro no afogamento da jovem universitária Natália Ribeiro dos Santos Costa, 19 anos, em março deste ano, no Lago Paranoá em Brasília, Wendel Yuri Sousa Caldas, 19, teve o processo arquivado e, em acordo homologado pelo 2º Juizado Criminal de Brasília, a pena convertida em prestação de serviços comunitários. A decisão da Justiça ocorreu nessa quinta-feira (08/08/2019).

De acordo com o Ministério Público, não foram encontrados indícios de participação de Yuri no caso e sim de omissão de socorro. Durante audiência, o MP propôs a pena alternativa, acatada pelo rapaz. Ele cumprirá, nos próximos 180 dias, 144 horas de trabalho comunitário. Caso falte sem justificativa, o processo é reaberto e o morador da Asa Norte responderá criminalmente.

Natália foi achada morta no Lago Paranoá no dia 1º de abril. O indiciamento por omissão de socorro contra Wendel Yuri foi concluído 28 dias depois. Na época, o delegado-chefe da 5ª Delegacia de Polícia (Área Central), Gleyson Mascarenhas, explicou que o processo teve como base o fato de o jovem não ter pedido ajuda a outras pessoas após Natália ter desaparecido.

“Entendemos que ele não tinha condições físicas de retirar a vítima da água, mas poderia ter gritado por socorro”, afirmou o delegado, referindo-se ao fato de o estudante também estar embriagado no instante do afogamento.

A hipótese de homicídio foi descartada pelos investigadores após a oitiva de 35 pessoas. Do total, 32 delas participaram da festa onde Natália e Wendel Yuri estavam antes da morte da moça.

Leia reportagem completa direto do Metrópoles

FONTE/CRÉDITOS: Nova Cruz Oficial
Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!