Portal Correio do Agreste - A serviço do povo!

Fora de risco, reféns esfaqueadas em Natal passam por cirurgias; agressor foi morto pela polícia

Caso aconteceu na noite desta quinta (5) no bairro Igapó. Inconformado com fim de relacionamento,
Fora de risco, reféns esfaqueadas em Natal passam por cirurgias; agressor foi morto pela polícia
Mãe e filha passaram por cirurgias no Pronto-Socorro Clóvis Sarinho, em Natal — Foto: Klênyo Galvão/Inter TV Cabugi

OUVIR NOTÍCIA

Caso aconteceu na noite desta quinta (5) no bairro Igapó. Inconformado com fim de relacionamento, homem fez ex-cunhada e filha dela reféns durante duas horas.

Familiares das duas mulheres esfaqueadas na noite desta quinta-feira (5) na Zona Norte de Natal –enquanto eram mantidas reféns por um homem inconformado com o fim de um relacionamento –atualizaram nesta manhã o estado de saúde delas. Elas passarem por cirurgias no Pronto-Socorro Clóvis Sarinho, onde permanecem internadas. Ambas estão lúcidas, conversando e não correm risco de morte. Já o agressor, foi morto pela polícia.

A mais velha, de 55 anos, fez uma cirurgia em uma das mãos e suturou alguns cortes na cabeça. Já a filha dela, que tem 18, precisou de uma plástica no rosto e também passou por um procedimento ortopédico nas mãos.

O homem que esfaqueou as vítimas foi identificado como Leandro Leocádio, de 34 anos. Ele teve um relacionamento amoroso com a irmã da mulher mais velha, mas não aceitava a separação. No final da tarde desta quinta (5), ele foi até a casa da ex-cunhada e pediu um copo d'água. Quando a porta foi aberta, ele a rendeu.

Polícia foi acionada para negociar com homem, que fez duas mulheres reféns na Zona Norte de Natal â?? Foto: Oscar Xavier/Inter TV Cabugi

Armado com um facão, o homem ameaçou matar a mulher e a filha dela, que também estava na residência, caso a ex-companheira não fosse ao encontro dele. Foi quando vizinhos ouviram gritos e chamaram a Polícia Militar. Com a chegada da guarnição, foi iniciada a negociação para que Leandro libertasse as duas reféns.

Segundo a Polícia Militar, foram mais de 2 horas de diálogo, até que foi necessário intervir e invadir o quarto onde o agressor mantinha mãe e filha em seu poder, pois ele já havia esfaqueado as duas. Um dos policiais entrou e atirou em Leandro.

A mãe de Leandro falou com a Inter TV Cabugi logo após saber da morte do filho. "Meu filho é um doente, ficou internado na Casa de Saúde de Natal. Meu filho tava com problemas, meu filho surtou", disse ela.

Leandro Leocádio, que chegou a ser julgado por homicídio, foi absolvido impropriamente, que é quando o réu é considerado inimputável, já que ficou constatado durante o processo que ele apresentava problemas mentais. Por esta razão, chegou a ser encaminhado para internação e tratamento médico.

Fonte

Anderson Barbosa e Klênyo Galvão, G1 RN e Inter TV Cabugi

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

BRASIL
Adeus, governo Bolsonaro
Adeus, governo Bolsonaro
VISUALIZAR
Política
JOÃO DA SOPA MUDA DE PARTIDO E DIZ QUE SERÁ PRÉ – CANDIDATO NAS ELEIÇÕES DESTE ANO EM...
JOÃO DA SOPA MUDA DE PARTIDO E DIZ QUE SERÁ PRÉ – CANDIDATO NAS ELEIÇÕES DESTE ANO EM GEORGINO AVELINO
VISUALIZAR
Economia
Governo repassa R$ 277 mil para premiados no 8° sorteio da Nota Potiguar
Governo repassa R$ 277 mil para premiados no 8° sorteio da Nota Potiguar
VISUALIZAR
NATAL RN
Tarifa de ônibus sobe para R$ 4,35 em Natal
Tarifa de ônibus sobe para R$ 4,35 em Natal
VISUALIZAR
Rio Grande do Norte
Oito pessoas são presas no RN em operações da Seap no Carnaval
Oito pessoas são presas no RN em operações da Seap no Carnaval
VISUALIZAR
Esportes
Atleta paralímpico João Saci quer conquistar o Monte Everest
Atleta paralímpico João Saci quer conquistar o Monte Everest
VISUALIZAR
Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )