Portal Correio do Agreste - A serviço do povo!

América Latina é novo epicentro da Covid-19 e Brasil preocupa mais, diz OMS

Representante da Organização Mundial de Saúde, Michael Ryan, afirmou que a agência tem dado 'assistência direta' aos estados mais afetados
América Latina é novo epicentro da Covid-19 e Brasil preocupa mais, diz OMS

OUVIR NOTÍCIA

Odiretor do programa de emergências da Organização Mundial de Saúde (OMS), Michael Ryan, declarou nesta sexta-feira (22) que a América do Sul se tornou o novo epicentro da pandemia de Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. E ressaltou que o cenário brasileiro é um dos mais preocupantes entre os vizinhos.

 

Ao ser questionado especificamente sobre a situação da enfermidade no Brasil, durante entrevista coletiva virtual, Ryan frisou que a entidade reconhece a gravidade do avanço do vírus no país, neste momento, e afirmou que tem dado “assistência direta” a vários estados. Na ocasião, ao citar alguns dos locais mais afetados, o diretor comentou o quadro da doença em São Paulo, unidade da Federação mais atingida em números absolutos, e Amazonas; proporcionalmente ao tamanho da população.

O Brasil registrou, nessa quinta-feira (21), recorde de mortes diárias, com 1.188 óbitos em 24 horas, de acordo com balanço do Ministério da Saúde. O país ultrapassou a marca de 20 mil vítimas fatais da doença e 300 mil infectados.

Michael Ryan disse também que a OMS está ciente da orientação do governo federal sobre o uso da hidroxicloroquina. Nesta semana, o Ministério da Saúde publicou protocolo que prevê o uso de cloroquina e da hidroxicloroquina desde os primeiros sinais da Covid-19. “Estudos e evidências clínicas não apoiam o uso da hidroxicloroquina para a Covid-19”, enfatizou o diretor da OMS.

Diretora técnica da entidade, Maria Van Kerkhove acrescentou que é necessário proteger a população vulnerável. “Há uma desproporção no risco. Todos os países têm suas populações vulneráveis, e estamos vendo maior impacto nesse grupo. Isso tem a ver com as condições de base. Precisamos trabalhar para garantir que as pessoas tenham acesso à saúde, aos testes e à informação, para impedir maior número de infecções e de mortes.” 

Fonte

agora rn

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

Saúde
Covid-19: Rio cria gratificação para médicos que atuarem em UTI
Covid-19: Rio cria gratificação para médicos que atuarem em UTI
VISUALIZAR
Mundo
Sobe para 27 total de mortos por chuvas em El Salvador
Sobe para 27 total de mortos por chuvas em El Salvador
VISUALIZAR
Mundo
Mais antiga estrutura de civilização maia é encontrada no México
Mais antiga estrutura de civilização maia é encontrada no México
VISUALIZAR
Rio Grande do Norte
Novo decreto será mais rígido, diz secretário de Relações Institucionais do RN
Novo decreto será mais rígido, diz secretário de Relações Institucionais do RN
VISUALIZAR
Coronavírus
Brasil registra 1.349 mortes por covid-19 em 24 horas e chega a 32.548
Brasil registra 1.349 mortes por covid-19 em 24 horas e chega a 32.548
VISUALIZAR
Descanso
Qualidade do sono pode ajudar no combate à Covid-19
Qualidade do sono pode ajudar no combate à Covid-19
VISUALIZAR
Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )