Portal Correio do Agreste - A serviço do povo!

Sexta-feira, 19 de Julho de 2024
REDEC
REDEC

FUTEBOL

Neymar marca 1º gol com a camisa do Al-Hilal um mês e meio após contratação

Um mês e meio após ser contratado, Neymar enfim marcou seu primeiro gol com a camisa do Al-Hilal,

Marcone Pedro
Por Marcone Pedro
Neymar marca 1º gol com a camisa do Al-Hilal um mês e meio após contratação
Divulgação
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
Um mês e meio após ser contratado, Neymar enfim marcou seu primeiro gol com a camisa do Al-Hilal, nesta terça-feira, em jogo da Liga dos Campeões da Ásia. O atacante brasileiro marcou o segundo gol da vitória do seu time sobre o Nassaji Mazandaran, do Irã, por 3 a 0, no Azadi Stadium, na cidade de Teerã, capital iraniana.
 
O gol de Neymar saiu aos 13 minutos do segundo tempo. Na rápida investida sobre a defesa da equipe da casa, Al-Dawsari deu grande passe para o brasileiro, que bateu da entrada da área, de canhota, sem chances de defesa para o goleiro Rashid Mazaheri.
 
O primeiro gol do brasileiro saiu em seu quinto jogo oficial pela equipe saudita. Na semana passada, ele tivera grande oportunidade para balançar as redes pela primeira vez pelo seu novo time. Mas o atacante acabou desperdiçando uma cobrança de pênalti. Sem gols, ele vinha se destacando com boas assistências para os companheiros de time.
 
Os outros gols da partida desta terça foram marcados pelo sérvio Mitrovic, aos 18 minutos de jogo, e por Al-Shehri, aos 48 minutos do segundo tempo, com nova assistência de Al-Dawsari. A partida contou com duas expulsões, uma para cada lado: Al-Faraj (Al-Hilal) e Houshmand (Nassaji), ambas ainda no primeiro tempo
 
A partida foi válida pela segunda rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões da Ásia. O time de Neymar lidera o Grupo D, com quatro pontos.
 
Nas últimas semanas, a expectativa pelo primeiro gol de Neymar foi ofuscada por supostos desentendimentos entre o atacante e o técnico da equipe, o português Jorge Jesus, ex-Flamengo. Jornais espanhóis afirmaram que o brasileiro chegou a pedir a demissão do treinador, o que foi negado pelo próprio Neymar dias depois.
 
FONTE/CRÉDITOS: Estadão Conteúdo
REDECON
REDECON
JATOBÁ
JATOBÁ

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )