Portal Correio do Agreste - A serviço do povo!

Futebol FUTEBOL

América vai precisar trazer pontos do Recife

O América teve dificuldade, mas conseguiu fazer o seu dever de casa diante do Globo

América vai precisar trazer pontos do Recife
ADRIANO ABREU
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

O América teve dificuldade, mas conseguiu fazer o seu dever de casa diante do Globo e agora vai para dois confrontos seguidos fora de casa, onde a equipe terá de se preocupar em marcar pontos. Se conseguir dois empate contra o Retrô, no próximo domingo na Arena Pernambuco, e depois diante do Afogados da Ingazeira, a equipe vai depender exclusivamente do seu resultado diante do Crato, para alcançar os 22 pontos e conseguir uma vaga no G-4 do grupo 3 para segunda fase da Série D do Brasileiro.


 Caso acumule dois resultados negativos ou apenas um empate, vai ter de buscar mais um ponto na última rodada diante do Sousa, na Paraíba.

Com a combinação dos resultados da décima rodada, três clubes atingiram a marca dos 17 pontos e na teoria necessitam acumular mais cinco pontos para atingir a margem de corte dentro do grupo. O site de estatísticas Chance de Gol aponta que com 22 pontos, a possibilidade de um clube chegar na segunda fase do Brasileirão, dentro deste grupo, que é um dos mais disputados da primeira fase é de 70%. 

Sousa, Icasa e América estão separados apenas pelos critérios de desempate, o clube potiguar fecha o grupo de elite, faltando quatro rodadas para o término da fase inicial da competição. O Alvirrubro leva desvantagem em relação aos seus dois adversários na questão do número de vitórias, ambos têm cinco enquanto os natalenses possuem apenas quatro.

Para enfrentar o líder do grupo, o treinador João Brigatti, que sofreu com algumas baixas no clássico diante do Globo, terá três importantes retornos para montar sua equipe: o zagueiro Lucas Rex e os volantes Bebeto e Araújo já estão treinando sem limitações. Quem ainda vai ficar de fora é o atacante Zé Eduardo, que segue em tratamento intensivo com o Departamento de Fisioterapia para curar a contusão no adutor. Outro que não atua e que vai levar um pouco mais de tempo para voltar é o volante Juninho, que foi cirurgiado ontem.  Já o lateral direita Felipe, sentiu lesão muscular  e aguarda resultado de exame.

FONTE/CRÉDITOS: TRIBUNA DO NORTE
Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!