Portal Correio do Agreste - A serviço do povo!

Trump concede indulto a amigo condenado em caso de interferência russa

Foi condenado a 3 anos de prisão Roger Stone seria elo com hackers
Trump concede indulto a amigo condenado em caso de interferência russa

OUVIR NOTÍCIA

O presidente dos EUA, Donald Trump, concedeu nesta 6ª feira (10.jul.2020) indulto a Roger Stone. Amigo de longa data do republicano, Stone foi condenado a 3 anos de prisão por mentir em depoimento no caso que investigou a suposta interferência russa na eleição de 2016 em benefício de Trump.

Stone atuou como conselheiro político de Trump e deveria se entregar na próxima semana para começar a cumprir a pena. Ele recebeu a sentença no dia 15 de novembro de 2019, depois de tentar impedir o depoimento de uma fonte que revelaria o falso testemunho prestado por ele ao Comitê de Inteligência do Congresso. Stone foi condenado por obstruir a Justiça, dar falso testemunho e manipular testemunha.

Em 1 comunicado, a Casa Branca justificou o indulto dizendo que “Roger Stone é uma vítima da fraude da Rússia que a esquerda e seus aliados na mídia perpetuaram por anos na tentativa de minar a presidência de Trump“.

Como não existem tais evidências [de que Stone teria participado do esquema], no entanto, eles não poderiam acusá-lo por nenhum crime relacionado ao conluio. Em vez disso, eles o acusaram por sua conduta durante a investigação. O simples fato é que, se o Conselho Especial não estivesse realizando uma investigação absolutamente infundada, o Sr. Stone não estaria enfrentando pena de prisão“, diz o comunicado da Casa Branca.

 

 

O perdão de Trump se refere ao cumprimento da pena. Stone, portanto, continua condenado e não pode mais ser considerado réu primário.

A investigação, conduzida pelo procurador especial Robert Mueller, concluiu que a Rússia identificou que a vitória de Trump poderia beneficiá-los, mas não cita quais seriam essas benesses.

A Justiça dos Estados Unidos investigou a ação de hackers russos, que teriam distribuído informações roubadas dos democratas e repassado para o comitê de Donald Trump, durante a campanha eleitoral de 2016. Roger Stone seria 1 dos elos entre os hackers e os republicanos.

Stone teria mantido contato com pessoas ligadas ao WikiLeaks, fundado por Julian Assange. O site divulgou e-mails da democrata Hilary Clinton, opositora de Trump em 2016. Esses e-mails, de acordo com a inteligência norte-americana, vieram de hackers russos.

Fonte

poder 360

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

Futebol
Messi faz golaço, Barcelona vence o Napoli e vai às quartas da Champions
Messi faz golaço, Barcelona vence o Napoli e vai às quartas da Champions
VISUALIZAR
Coronavírus
Mãe de gêmeo que morreu com Covid-19 luta pela recuperação do bebê que sobreviveu
Mãe de gêmeo que morreu com Covid-19 luta pela recuperação do bebê que sobreviveu
VISUALIZAR
COVID 19
Fortaleza é a capital com a maior taxa de mortalidade por Covid-19; pesquisador aponta...
Fortaleza é a capital com a maior taxa de mortalidade por Covid-19; pesquisador aponta dificuldade em cumprir isolamento
VISUALIZAR
COVID 19
Jovem que perdeu irmão, avó e mãe para Covid-19 tenta superar as mortes: 'Eram o alicerce...
Jovem que perdeu irmão, avó e mãe para Covid-19 tenta superar as mortes: 'Eram o alicerce da família'
VISUALIZAR
Rio Grande do Norte
RN investiga 10 casos de Síndrome Multissistêmica que pode estar relacionada à Covid-19;...
RN investiga 10 casos de Síndrome Multissistêmica que pode estar relacionada à Covid-19; problema atinge crianças e adolescentes
VISUALIZAR
COVID 19
Bolsonaro foi preponderante para termos 100 mil mortes por Covid, diz Mandetta
Bolsonaro foi preponderante para termos 100 mil mortes por Covid, diz Mandetta
VISUALIZAR
Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )