Portal Correio do Agreste - A serviço do povo!

Notícias Justiça

TCE isenta secretário do RN de culpa na compra dos respiradores pagos antecipadamente

Auditores do Tribunal de Contas entenderam que compra dos respiradores com pagamento antecipado foi feita pela urgência que a situação de pandemia exigia

TCE isenta secretário do RN de culpa na compra dos respiradores pagos antecipadamente
Secretário de Saúde do Estado, Cipriano Maia não foi considerado culpado pela compra fracassada dos respiradores. Foto: José Aldenir/Agora RN
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Os auditores do Tribunal de Contas do Rio Grande do Norte apontaram, em relatório apresentado em junho deste ano, que o governo do estado pagou, em abril de 2021, R$ 4,9 milhões antecipados pela compra de 30 respiradores, antes de assinar os contratos com o Consórcio Nordeste.

Em agosto, o Ministério Público do Tribunal de Contas isentou o secretário estadual de saúde, Cipriano Maia, do processo da compra não concretizada dos respiradores. A análise foi assinada pelo procurador-geral, Thiago Martins Guterrez. No documento, ele aponta que não houve má fé do secretário de Saúde para a compra dos respiradores, dada a urgência que a situação exigia.

Nesta quinta-feira (23), a governadora Fátima Bezerra (PT), assim como os perfis oficiais do Governo do Estado, compartilharam um vídeo explicando a situação, destacando que o RN foi vítima de um golpe. De acordo com a publicação: “O governo do RN não ficou parado e está movendo mundo e fundos na justiça para reaver o dinheiro com juros e multa. Os recursos devem ser devolvidos em breve”.

FONTE/CRÉDITOS: Agora RN
Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!