Portal Correio do Agreste - A serviço do povo!

Receita pode desligar sistemas de emissão de CPF e de restituição do IR

Arrecadação de tributos, emissões de certidões negativas, controle aduaneiro e operações de comércio
Receita pode desligar sistemas de emissão de CPF e de restituição do IR
Órgão precisa de pelo menos R$ 300 milhões para manter os sistemas funcionando

OUVIR NOTÍCIA

Arrecadação de tributos, emissões de certidões negativas, controle aduaneiro e operações de comércio exterior também serão afetados, além do envio de cobranças a devedores

Sem recursos por conta dos cortes de orçamento que vêm sendo feitos desde o início do ano, a Receita Federal terá de desligar todos os seus sistemas informatizados a partir do dia 25 de agosto. De acordo com o jornal O Estado de São Paulo, já circula um aviso interno entre as áreas do órgão informando que, se não forem liberadas mais verbas do orçamento, os sistemas responsáveis por emissão de CPF e processamento de restituições de Imposto de Renda serão desligados, entre outros.

Arrecadação de tributos, emissões de certidões negativas, controle aduaneiro e operações de comércio exterior também serão afetados, assim como o envio de cartas de cobrança aos devedores do fisco e a disponibilização de recursos aos Fundos de participação de Estados e municípios.

A Receita precisa de pelo menos R$ 300 milhões para manter os sistemas funcionando até o fim do ano. O órgão teve contingenciado 30% de seu orçamento de 2019, de cerca de R$ 3 bilhões.

Neste ano, o governo contingenciou mais de R$ 31 bilhões do Orçamento por causa da frustração de arrecadação, resultado da economia mais fraca. Como noticiou o Estado, a Junta Orçamentária pediu um plano de contingência para os ministérios porque a maioria começará a apresentar problemas a partir de setembro ou outubro em decorrrência da falta de recursos.

BANCO CENTRAL

O Banco Central, que também já vem tendo suas rotinas afetadas por cortes de custos, sofrerá em 2020 mais um corte de R$ 20 milhões em suas despesas discricionárias. O recado foi dado em reuniões internas e comunicado aos funcionários.

Em 2019, o contingenciamento já vem sendo feito. A Lei Orçamentária Anual (LOA) previa para o BC um orçamento de R$ 289,7 milhões em despesas discricionárias, valor que foi reduzido para R$ 209,6 milhões, e o BC vinha pedindo a recomposição dos recursos.

Fonte

Marcelo Camargo / Agência Brasil

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

Economia
Mega-Sena deve pagar R$ 27 milhões neste sábado
Mega-Sena deve pagar R$ 27 milhões neste sábado
VISUALIZAR
BRASIL
Bolsonaro sanciona Orçamento com fundo eleitoral de R$ 2 bi
Bolsonaro sanciona Orçamento com fundo eleitoral de R$ 2 bi
VISUALIZAR
NATAL RN
Homens fazem arrastão em ônibus na Zona Norte de Natal e levam celulares e dinheiro
Homens fazem arrastão em ônibus na Zona Norte de Natal e levam celulares e dinheiro
VISUALIZAR
GRANDE NATAL
Acidente entre caminhões interdita trecho da BR-101 na Grande Natal e deixa trânsito lento
Acidente entre caminhões interdita trecho da BR-101 na Grande Natal e deixa trânsito lento
VISUALIZAR
Política
EX – PREFEITO EDVAL BEZERRA FAZ LANÇAMENTO OFICIAL DE SUA PRÉ – CANDIDATURA E DIZ ESTÁ...
EX – PREFEITO EDVAL BEZERRA FAZ LANÇAMENTO OFICIAL DE SUA PRÉ – CANDIDATURA E DIZ ESTÁ FIRME NESTE NOVO PROJETO
VISUALIZAR
Cidades
Postes caem e atingem carro e casa na Grande Natal
Postes caem e atingem carro e casa na Grande Natal
VISUALIZAR
Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )