Portal Correio do Agreste - A serviço do povo!

Polícia Civil conclui inquérito do caso Karol de Goianinha: Estudante foi morta com 13 facadas e motorista é indiciado

Laudo apontou sete perfurações no pescoço, cinco no tórax e uma na região dorsal.
Polícia Civil conclui inquérito do caso Karol de Goianinha: Estudante foi morta com 13 facadas e motorista é indiciado
Foto/Reprodução

OUVIR NOTÍCIA

A estudante Karolina Oliveira Gomes, 16 anos, foi morta com 13 facadas em um canavial no município de Mamanguape (PB), na noite do dia 5 de agosto, de acordo com a Polícia Civil da Paraíba. O delegado Tiago Cavalcanti, chefe do Núcleo de Homicídios da PB, informou que o laudo apontou sete perfurações no pescoço, cinco no tórax e uma na região dorsal.

Com a conclusão do inquérito, a polícia indiciou o caminhoneiro Josué Cabral dos Santos, 34 anos, por homicídio duplamente qualificado. O delegado explicou que o homicídio foi considerado feminicídio e também teve a qualificadora do crime ter sido executado por meio cruel. “As circunstâncias em que a adolescente foi executada e toda a ação criminosa denota ter havido menosprezo à condição de mulher da vítima”, esclareceu Cavalcanti.

Sobre o possível crime de estupro, a Polícia Civil aguarda o o laudo do laboratório de DNA. “Como o crime foi cometido em um local deserto, sem testemunhas, nós só podemos atestar se houve estupro com o laudo da perícia técnica”, afirmou Cavalcanti. O delegado explicou que se for comprovada a violência sexual, é possível a polícia fazer o indiciamento complementar posteriormente.

Na entrega do inquérito, o delegado também afirma que foi pedida a conversão da prisão temporária do suspeito em preventiva para que ele fique preso até a conclusão do caso.

O homem apontado como suspeito de matar a adolescente, Josué Cabral dos Santos, 34 anos, está preso desde o dia 31 de agosto. Ele é pernambucano e afirmou ser o motorista do caminhão baú, visto através de imagens de câmeras de vigilância conversando com a estudante no dia em que ela desapareceu em Goianinha.

O caminhoneiro passou por audiência de custódia no dia 2 de setembro em Mamanguape e foi decretada a prisão temporária dele por 30 dias. Josué está preso na cadeia pública da cidade.

Noite do dia 5 de agosto de 2019. Foi a última vez que a família de Karolina Oliveira Gomes, 16 anos, viu a adolescente com vida. A estudante saiu de casa na cidade de Goianinha, Região Metropolitana de Natal, para imprimir um trabalho da escola em uma lan house e desapareceu.

O corpo da estudante foi encontrado no dia seguinte, despido, em um canavial no município de Mamanguape (PB), às margens da rodovia estadual que dá acesso à cidade de Capim.

Do OP9

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

BRASIL
Adeus, governo Bolsonaro
Adeus, governo Bolsonaro
VISUALIZAR
Política
JOÃO DA SOPA MUDA DE PARTIDO E DIZ QUE SERÁ PRÉ – CANDIDATO NAS ELEIÇÕES DESTE ANO EM...
JOÃO DA SOPA MUDA DE PARTIDO E DIZ QUE SERÁ PRÉ – CANDIDATO NAS ELEIÇÕES DESTE ANO EM GEORGINO AVELINO
VISUALIZAR
Economia
Governo repassa R$ 277 mil para premiados no 8° sorteio da Nota Potiguar
Governo repassa R$ 277 mil para premiados no 8° sorteio da Nota Potiguar
VISUALIZAR
NATAL RN
Tarifa de ônibus sobe para R$ 4,35 em Natal
Tarifa de ônibus sobe para R$ 4,35 em Natal
VISUALIZAR
Rio Grande do Norte
Oito pessoas são presas no RN em operações da Seap no Carnaval
Oito pessoas são presas no RN em operações da Seap no Carnaval
VISUALIZAR
Esportes
Atleta paralímpico João Saci quer conquistar o Monte Everest
Atleta paralímpico João Saci quer conquistar o Monte Everest
VISUALIZAR
Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )