Portal Correio do Agreste - A serviço do povo!

PF prende suspeito de assassinar policial penal federal em Mossoró em 2017

A Polícia Federal deflagrou, nessa terça-feira (08), a Operação Ebenézer e prendeu em Curitiba/PR, um homem de 43 anos, suspeito de ser o autor do hom
PF prende suspeito de assassinar policial penal federal em Mossoró em 2017
Foto: Cedida

OUVIR NOTÍCIA

A Polícia Federal deflagrou, nessa terça-feira (08), a Operação Ebenézer e prendeu em Curitiba/PR, um homem de 43 anos, suspeito de ser o autor do homicídio que vitimou o policial penal federal Henri Charlie Gama e Silva, morto em abril de 2017, na cidade de Mossoró/RN.   

Na operação foram mobilizados policiais federais de Brasília, Mossoró e Curitiba visando dar cumprimento a mandado de prisão preventiva expedido pela 8ª Vara Federal de Mossoró. 

À época dos fatos, o policial penal Henri Charlie estava em um bar próximo a sua residência, em Mossoró, quando um indivíduo desceu de um veículo e atirou em sua direção. Atingido pelas costas, ele ainda assim conseguiu correr, mas foi alcançado pelo autor dos disparos. O crime teria sido arquitetado por uma facção criminosa paulista e contou com a infiltração de uma empregada doméstica na residência da vítima. 

Quando do prosseguimento das investigações ficou demonstrado que o acusado estaria vivendo com nome falso na capital paranaense, onde acabou sendo localizado. 

Força-Tarefa

Este foi mais um trabalho concluído com êxito pela Força-Tarefa de Combate ao Crime Organizado em Mossoró (FT-NUDEM), coordenada pela Polícia Federal e composta por policiais federais, policiais civis, policiais militares e policiais penais federais e estaduais, atuando em colaboração com a Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública (SEOPI). 

A Força-Tarefa disponibiliza e conta com a colaboração da população pelo telefone (84) 3323.8300, bem como pelo WhatsApp (84) 9218.0326, que são os canais indicados para recebimento de informações, denúncias de crimes, etc, sendo o sigilo do denunciante plenamente preservado.

Nome da operação

O nome da operação - Ebenézer - significa “pedra de ajuda”, a qual teria sido erguida pelo profeta Samuel após uma grande vitória militar. Naquela ocasião, o profeta teria proclamado: “até aqui o Senhor nos ajudou”. Com o passar dos anos, mesmo enfrentando dificuldades, a PF nunca parou até que conseguiu identificar, localizar e prender o acusado.

Fonte

Portal da Tropical

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

GRANDE NATAL
Homem é assassinado a tiros na frente da casa dos pais na Grande Natal
Homem é assassinado a tiros na frente da casa dos pais na Grande Natal
VISUALIZAR
BOMBA
Bolsonaro cometeu crime que dá pena de três a seis anos de cadeia, ao cobrir a placa de sua...
Bolsonaro cometeu crime que dá pena de três a seis anos de cadeia, ao cobrir a placa de sua moto
VISUALIZAR
AL RN
Mais de 50 pessoas participam da campanha de doação de sangue da ALRN neste sábado em Natal
Mais de 50 pessoas participam da campanha de doação de sangue da ALRN neste sábado em Natal
VISUALIZAR
DF
Morre, em Brasília, o ex-vice-presidente da República Marco Maciel
Morre, em Brasília, o ex-vice-presidente da República Marco Maciel
VISUALIZAR
Rio Grande do Norte
Em um dia, RN confirma 19 novas mortes pela covid-19 e mais de 2 mil novos casos
Em um dia, RN confirma 19 novas mortes pela covid-19 e mais de 2 mil novos casos
VISUALIZAR
Policial
PM detém homem por crime de violência doméstica na Grande Natal
PM detém homem por crime de violência doméstica na Grande Natal
VISUALIZAR
Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )