Portal Correio do Agreste - A serviço do povo!

Notícias Política

Natália vai ao MPF para apurar suposto ‘patrocínio’ de viagem de Nunes Marques à França

O ministro teria ido à França assistir à final da Champions League, jogos do torneio de tênis Roland Garros e ao GP de Mônaco de Fórmula 1

Natália vai ao MPF para apurar suposto ‘patrocínio’ de viagem de Nunes Marques à França
Foto: Fellipe Sampaio/SCO/STF
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

A deputada federal Natália Bonavides (PT-RN) acionou o Ministério Público Federal (MPF) para apurar as denúncias de que o ministro Kássio Nunes Marques, do Supremo Tribunal Federal (STF), tenha usufruído de uma viagem a lazer bancada por advogado que patrocina causas na Suprema Corte. O ministro nega.

“Essa denúncia é bastante grave. Se os indícios de que o ministro tenha recebido vantagem indevida forem confirmados, estaremos diante do cometimento de corrupção passiva. Nossa Constituição e o Conselho Nacional de Justiça vedam expressamente aos juízes receber, a qualquer título ou pretexto, auxílios e contribuições de pessoas físicas. Perante a lei, receber esse tipo de presente é motivo para impeachment”, afirmou a parlamentar, ao portal 96 FM.

Conforme divulgado na última sexta 17, pelo portal Metrópoles, o ministro teria ido à França assistir à final da Champions League, jogos do torneio de tênis Roland Garros e ao GP de Mônaco de Fórmula 1.

A aeronave utilizada seria um jatinho luxuoso e a viagem, no total, teria custado R$ 250 mil e sido bancada pelo advogado Vinícius Peixoto Gonçalves, que, além de patrocinar causas no STF, já foi alvo de denúncia por parte do Ministério Público Federal.

“Pedimos que o Ministério Público Federal apure os fatos e, se confirmadas as hipóteses, busque a responsabilização nas esferas cível e criminal. Os representantes da justiça não podem estar acima da própria justiça e, de mesmo modo, não podem ser eximidos das responsabilizações em caso de cometimentos de crime de responsabilidade”, finalizou Bonavides.

FONTE/CRÉDITOS: agora rn
Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!