Portal Correio do Agreste - A serviço do povo!

Natal tem manifestação contra corte de recursos da educação

Novo protesto, que faz parte de ato nacional, aconteceu nesta quarta-feira (2) na capital potiguar. Manifestantes fecharam
Natal tem manifestação contra corte de recursos da educação
Manifestação em defesa da educação, em Natal — Foto: Heloísa Guimarães/Inter TV Cabugi

OUVIR NOTÍCIA

Novo protesto, que faz parte de ato nacional, aconteceu nesta quarta-feira (2) na capital potiguar. Manifestantes fecharam trecho da Avenida Senador Salgado Filho.

Mais um ato em defesa da educação foi realizado na tarde desta quarta-feira (2) em Natal. Estudantes, professores, centrais sindicais e sociedade civil organizada se concentraram no cruzamento das avenidas Bernardo Vieira e Senador Salgado Filho, por volta das 15h, para protestarem contra os cortes promovidos pelo Governo Federal nos recursos da educação, em defesa das pesquisas científicas, e contra o programa Future-seO ato faz parte de uma mobilização nacional.

No Brasil, as manifestações acontecem nesta quarta-feira (2) e na quinta-feira (3). Em Natal, o movimento foi antecipado em função do feriado estadual dos Mártires de Cunhaú e Uruaçu, que será na quinta.

O ato começou em frente ao campus central do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN), no bairro Tirol. Estudantes, professores e servidores federais levantaram cartazes com críticas ao presidente da República Jair Bolsonaro e aos cortes nos recursos das universidades e bolsas de pesquisa científica. Uma das frases mais gritadas na manifestação foi: "Hoje a aula é na rua".

Às 16h12, a avenida Senador Salgado Filho, no sentido Centro para a Zona Sul, foi interditada - cerca de 10 agentes de trânsito da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU) trabalharam na operação. A Polícia Militar também acompanhou a manifestação.

Manifestação em defesa da educação, em Natal — Foto: Heloísa Guimarães/Inter TV Cabugi

Por volta das 17h, os manifestantes começaram uma caminhada pela Avenida Senador Salgado Filho em direção à Zona Sul da cidade. Por volta das 18h05 o protesto foi encerrado próximo ao prédio da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Norte (Fiern).

A UFRN e o IFRN não cancelaram as aulas oficialmente. A UFRN informou que parte dos serviços na Biblioteca Central Zila Mamede (BCZM) funcionariam em horário reduzido, das 7h30 às 17h, em função da adesão de servidores à manifestação.

Fonte

G1 RN

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

GRANDE NATAL
Homem é assassinado a tiros na frente da casa dos pais na Grande Natal
Homem é assassinado a tiros na frente da casa dos pais na Grande Natal
VISUALIZAR
BOMBA
Bolsonaro cometeu crime que dá pena de três a seis anos de cadeia, ao cobrir a placa de sua...
Bolsonaro cometeu crime que dá pena de três a seis anos de cadeia, ao cobrir a placa de sua moto
VISUALIZAR
AL RN
Mais de 50 pessoas participam da campanha de doação de sangue da ALRN neste sábado em Natal
Mais de 50 pessoas participam da campanha de doação de sangue da ALRN neste sábado em Natal
VISUALIZAR
DF
Morre, em Brasília, o ex-vice-presidente da República Marco Maciel
Morre, em Brasília, o ex-vice-presidente da República Marco Maciel
VISUALIZAR
Rio Grande do Norte
Em um dia, RN confirma 19 novas mortes pela covid-19 e mais de 2 mil novos casos
Em um dia, RN confirma 19 novas mortes pela covid-19 e mais de 2 mil novos casos
VISUALIZAR
Policial
PM detém homem por crime de violência doméstica na Grande Natal
PM detém homem por crime de violência doméstica na Grande Natal
VISUALIZAR
Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )