Portal Correio do Agreste - A serviço do povo!

Na mira do TCU, Ministério da Saúde desiste de licitação de R$ 912 milhões

Radar revelou que tribunal estava investigando aquisição de 80 milhões de aventais na pasta da Saúde sem concorrência
Na mira do TCU, Ministério da Saúde desiste de licitação de R$ 912 milhões
TCU vem fiscalizando contratos emergenciais na pandemia, para evitar casos de corrupção na máquina pública

OUVIR NOTÍCIA

Depois de o Radar revelar na edição de VEJA que está nas bancas que o Tribunal de Contas da União investigava um contrato de 912 milhões de reais do Ministério da Saúde, a pasta informou no fim de semana que não havia chegado a assinar o contrato e irá suspender o processo.

 

“O Ministério da Saúde informa que os processos de aquisição para o enfrentamento da Covid-19 são analisados pelos órgãos de controle antes da assinatura de contrato, em especial pela excassez de fornecedores e a prática de preços elevados pelo mercado. É o caso da compra de aventais. O contrato de aquisição não foi assinado e a revogação de dispensa de licitação será publicada nesta segunda-feira”, diz o ministério.

Não fosse o TCU solicitar a oitiva do servidor da Saúde envolvido no caso, a compra monumental, sem lastros técnicos nem pesquisa de preços seguiria alegremente. O tribunal constatou que o governo iria comprar 80 milhões de aventais sem sequer ter mapeado quantos profissionais de saúde e quantas unidades médicas do país poderiam receber o material.

Fonte

agora rn

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

COVID 19
Cantora gospel Fabiana Anastácio morre de Covid-19
Cantora gospel Fabiana Anastácio morre de Covid-19
VISUALIZAR
Rio Grande do Norte
Justiça dá prazo de 15 dias para RN voltar a fornecer hidroxicloroquina a pessoas com lúpus
Justiça dá prazo de 15 dias para RN voltar a fornecer hidroxicloroquina a pessoas com lúpus
VISUALIZAR
JUSTIÇA
TCU vê irregularidades em 242 mil benefícios no banco de dados do INSS
TCU vê irregularidades em 242 mil benefícios no banco de dados do INSS
VISUALIZAR
BRASIL
Auxílio deve ser estendido em mais duas parcelas de R$ 300
Auxílio deve ser estendido em mais duas parcelas de R$ 300
VISUALIZAR
COVID 19
RN tem aumento de 200% no uso de anestésicos e betabloqueadores, diz jornal
RN tem aumento de 200% no uso de anestésicos e betabloqueadores, diz jornal
VISUALIZAR
Economia
Comércio varejista no país eleva em 40% a provisão para calotes
Comércio varejista no país eleva em 40% a provisão para calotes
VISUALIZAR
Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )