Portal Correio do Agreste - A serviço do povo!

Mercado financeiro reduz estimativa de inflação este ano para 3,58%

Projeção para 2020 está abaixo do centro da meta, de 4%
Mercado financeiro reduz estimativa de inflação este ano para 3,58%
Marcello Casal JrAgência Brasil

OUVIR NOTÍCIA

As instituições financeiras consultadas pelo Banco Central (BC) reduziram a estimativa para a inflação este ano. A projeção para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA – a inflação oficial do país) caiu de 3,60% para 3,58%. A informação consta no boletim Focus, pesquisa semanal do Banco Central (BC) que traz as projeções de instituições para os principais indicadores econômicos.

Para 2021, a estimativa de inflação se mantém em 3,75%. A previsão para os anos seguintes também não teve alterações: 3,50% em 2022 e 2023.

A projeção para 2020 está abaixo do centro da meta de inflação que deve ser perseguida pelo BC. A meta, definida pelo Conselho Monetário Nacional, é de 4% em 2020, com intervalo de tolerância de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo.

Selic

Para alcançar a meta de inflação, o Banco Central usa como principal instrumento a taxa básica de juros, a Selic, atualmente definida em 4,5% ao ano pelo Comitê de Política Monetária (Copom).

De acordo com as instituições financeiras, a Selic deve se manter em 4,5% ao ano até o fim de 2020. A manutenção da Selic, como prevê o mercado financeiro, indica que o Copom considera as alterações anteriores suficientes para chegar à meta de inflação.

Para 2021, a expectativa é que a taxa básica suba para 6,25%. E para 2022 e 2023, as instituições estimam que a Selic termine os dois períodos em 6,5% ao ano.

Quando o Copom aumenta a taxa básica de juros, o objetivo é conter a demanda aquecida e isso causa reflexos nos preços porque os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança. Quando o Copom reduz a Selic, a tendência é que o crédito fique mais barato, com incentivo à produção e ao consumo, reduzindo o controle da inflação e estimulando a atividade econômica.

Atividade econômica

A projeção para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB) – a soma de todos os bens e serviços produzidos no país – se mantém em 2,30% para 2020. As estimativas das instituições financeiras para os anos seguintes, 2021, 2022 e 2023 também continuam em 2,50%.

A previsão do mercado financeiro para a cotação do dólar está em R$ 4,04 para o fim deste ano e R$ 4,00 para 2021.

Fonte

Agência Brasil

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

Policial
Motorista causa acidente e foge, mas é preso após voltar para pegar o carro
Motorista causa acidente e foge, mas é preso após voltar para pegar o carro
VISUALIZAR
BRASIL
Há 75 anos, morria Mário de Andrade, um dos maiores escritores do país
Há 75 anos, morria Mário de Andrade, um dos maiores escritores do país
VISUALIZAR
Senador Georgino Avelino
AULAS DA ESCOLA JOSÉ ALVES ACIOLE EM CARNAÚBA INICIAM NA PRÓXIMA SEGUNDA (02)
AULAS DA ESCOLA JOSÉ ALVES ACIOLE EM CARNAÚBA INICIAM NA PRÓXIMA SEGUNDA (02)
VISUALIZAR
Rio Grande do Norte
Brasileiro que estava em quarentena por causa do coronavírus chega ao RN
Brasileiro que estava em quarentena por causa do coronavírus chega ao RN
VISUALIZAR
NATAL RN
Terça do Carnaval de Natal tem shows em seis polos e mais blocos por toda cidade; veja...
Terça do Carnaval de Natal tem shows em seis polos e mais blocos por toda cidade; veja programação
VISUALIZAR
JUSTIÇA
Entenda critérios da legislação brasileira sobre processo de adoção no país
Entenda critérios da legislação brasileira sobre processo de adoção no país
VISUALIZAR
Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )