Portal Correio do Agreste - A serviço do povo!

Notícias Grande Natal

Incêndio atinge escola estadual na Grande Natal; 'destruiu quase todo o acervo da biblioteca', diz professor

Três ambientes ficaram destruídos e houve perda de material escolar, como livros dos ensinos fundamental e médio.

Incêndio atinge escola estadual na Grande Natal; 'destruiu quase todo o acervo da biblioteca', diz professor
Algumas salas da Escola Estadual Professora Lígia Navarro ficaram completamente destruídas — Foto: Vinícius Marinho/Inter TV Cabugi
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Três ambientes ficaram destruídos e houve perda de material escolar, como livros dos ensinos fundamental e médio. Escola já estava interditada.

Um incêndio atingiu na madrugada desta terça-feira (14) a Escola Estadual Professora Lígia Navarro, que fica no distrito de Pitangui, em Extremoz, na Grande Natal. O fogo destruiu parte da estrutura e dos materiais, como livros e equipamentos esportivos.

A escola não estava recebendo aulas, porque, segundo a diretoria, já havia sofrido com desabamentos.

Em nota, a Secretaria de Estado da Educação, Cultura, Esporte e Lazer (SEEC) que foi notificado sobre o ocorrido e que vai iniciar as investigações para descobrir a causa do incêndio. A pasta confirmou que a escola estava sendo desocupada para a realização de uma reforma.


Segundo a secretaria, os estudantes passarão ao ensino remoto neste período, até que um novo espaço seja identificado para abrigar as aulas.

O Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) colheu amostras de material e levou para análise para investigar as causas do incêndio.

Algumas salas da Escola Estadual Professora Lígia Navarro ficaram completamente destruídas — Foto: Vinícius Marinho/Inter TV Cabugi

Algumas salas da Escola Estadual Professora Lígia Navarro ficaram completamente destruídas — Foto: Vinícius Marinho/Inter TV Cabugi

Incêndio
O incêndio começou durante a madrugada e os bombeiros foram acionados e conseguiram controlar as chamas.

Segundo o diretor da escola, Robistânio Pinheiro, o fogo atingiu três salas: a sala de informática, o depósito da cozinha e a sala dos professores. As salas tinham forro de PVC e ficaram destruídas.

Entre os materiais perdidos, estão livros dos ensinos médio e fundamental, instrumentos, material esportivo, bola, rede, computadores, caixa de som.

Escola Estadual Professora Lígia Navarro  — Foto: Vinícius Marinho/Inter TV Cabugi

Escola Estadual Professora Lígia Navarro — Foto: Vinícius Marinho/Inter TV Cabugi

"Tudo isso se perdeu. Também documentação da escola, antiga, acervo histórico da escola. Documentação dos professores, que era comprovação trabalhista. Tudo isso foi consumido com o fogo", contou o professor de história, Jair Ferreira de Souza.

Segundo o professor, os bombeiros conseguiram controlar rápido as chamas, mas o fogo "já tinha destruído quase todo o acervo da biblioteca e os livros".

Um novo foco do incêndio chegou a voltar, mas os bombeiros retornaram ao local, controlaram e fizeram o rescaldo.

Escola interditada
A escola estava interditada para aulas, segundo a diretor, "porque estava previsto a demolição para construção de outro prédio porém, havia material de expediente (livros, arquivos e outros materiais didáticos) porque mudamos recentemente para outro prédio e estávamos providenciando o translado do material".

As escola recebia até 750 alunos. As aulas estavam acontecendo na Escola das Dunas, também em Pitangui.

O professor de história Jair Ferreira de Souzaexplica que a interdição se deu por causa de desabamentos e por risco de novos.

"O banheiro dos professores está correndo risco de desabar e também houve um desabamento numa sala onde ficava guardadas as cesta básicas da merenda escolar, que eram distribuídas durante a pandemia", disse

FONTE/CRÉDITOS: g1 rn
Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!