Portal Correio do Agreste - A serviço do povo!

Quinta-feira, 20 de Junho de 2024
REDECON
REDECON

Rio Grande do Norte

Estudante faz campanha para estudar nos EUA

Nascida em Grossos, a estudante Ana Cecília Ferreira, de 20 anos, lançou uma campanha para dar continuidade

Portal Correio do Agreste
Por Portal Correio do Agreste
Estudante faz campanha para estudar nos EUA
Foto: Cedida
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

Nascida em Grossos, a estudante Ana Cecília Ferreira, de 20 anos, lançou uma campanha para dar continuidade na jornada acadêmica e realizar o sonho de estudar nos Estados Unidos. A potiguar foi aceita em três instituições estadunidenses e tenta agora levantar recursos para cobrir os custos que chegam a quase R$27 mil, com passagens, visto e estadia. Egressa do ensino público, Ana iniciou a “Campanha de R$ 1” para alcançar R$11 mil e posteriormente bater a meta final. As doações podem ser feitas por meio da chave pix: [email protected].

A estudante, que sonha em ser empreendedora social, conseguiu ser aceita nas universidades Stetson University, University of Kentucky e Berea College, onde foi contemplada com uma bolsa de 100%. “Fui admitida em Berea College para iniciar meus estudos em agosto de 2024. Lá, só vou declarar meu curso no segundo ano de graduação, o que é um dos motivos pelos quais optei pelo ensino americano. Pretendo cursar Negócios, pois espero continuar atuando como empreendedora social”, diz.

Filha de pais que sempre a incentivaram a priorizar os estudos, Ana Cecília conta que começou a trabalhar aos 14 anos para ajudar nas despesas da família. “Sempre tive essa vontade, mostrava intercâmbios para minha mãe, mas no final a gente sempre esbarrava no dinheiro”, comenta.

Publicidade

Leia Também:

A jornada rumo à Berea College, nos Estados Unidos, começou com uma descoberta pelo TikTok, onde ela encontrou vídeos que a inspiraram a buscar oportunidades de estudo no exterior. Em 2022, Ana Cecília se empenhou em aprimorar o inglês. Ela fundou o projeto Poliglobalizando, que oferece curso gratuito de inglês e oportunidades educacionais para brasileiros de baixa renda.

Até o momento, a estudante já arrecadou cerca de R$ 3,5 mil e está confiante que irá sensibilizar as pessoas para conseguir mais doações. “Estou com fé que vamos chegar próximos da meta inicial. O pessoal está sim me ajudando, com R$ 1, R$ 200 e cada doação dessas torna o meu dia mais leve. Estou mais perto do sonho”, conta.

FONTE/CRÉDITOS: Tribuna do Norte
Comentários:
REDEC
REDEC
JATOBÁ
JATOBÁ

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )