Portal Correio do Agreste - A serviço do povo!

Notícias Famosos

Após vasectomia, Fernando Zor ainda pode gerar filhos biológicos

Especulações de que a cantora estava grávida movimentaram a web nesta segunda-feira (18/4)

Após vasectomia, Fernando Zor ainda pode gerar filhos biológicos
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

A especulação de gravidez de Maiara causou euforia aos fãs de sertanejo nos últimos dias. No entanto, como publicado por esta coluna, as chances seriam pouco prováveis, visto que o cantor Fernando Zor realizou uma vasectomia. O fato, por outro lado, gerou curiosidade entre os leitores sobre quais seriam as alternativas para o casal gerar um filho de maneira biológica. Nossa reportagem foi atrás de especialistas para entender como este processo pode ser executado e te conta agora.

A vasectomia é uma cirurgia que interrompe a circulação dos espermatozoides no sistema reprodutor masculino, impedindo que eles saiam na ejaculação. Assim, a partir do momento em que um homem realiza o procedimento fica estéril, mas vale reforçar que a intenção da cirurgia é realmente essa. Porém, existem casos em que os homens podem mudar de ideia.

De acordo com medico ginecologista Marcio Coslovsky existem duas maneiras e um homem vasectomizado poder ter filhos: a primeira por meio da fertilização in vitro, explica: “A mulher é levada para fazer a coleta de óvulos em uma clínica e, em seguida o homem também faz uma punção do epidídimo para aspirar o espermatozoide, responsável pela fecundação”.

A segunda opção, ainda de acordo com o especialista, seria a cirurgia para reverter a vasectomia, mas as chances são menores e precisam de um auxílio maior como ida a hospitais e preparo de cirurgia. Além disso, a alternativa apresenta baixas chances de de resultado positivo.

Mesmo com toda a euforia que envolve a volta do casal, Maiara e Fernando, seguem felizes nessa nova fase do relacionamento: sem grandes exposições e deixando seus conflitos entre eles.

FONTE/CRÉDITOS: Metrópoles coluna Léo dias
Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!