Portal Correio do Agreste - A serviço do povo!

Após 3 meses, assassino do ator Rafael Miguel e dos pais dele continua foragido da Justiça

Paulo Cupertino Matias é procurado pela polícia no Brasil e no exterior por ter matado namorado e sogros
Após 3 meses, assassino do ator Rafael Miguel e dos pais dele continua foragido da Justiça
Polícia fez simulação de possíveis disfarces usados por Paulo Cupertino para fugir após matar ator e os pais dele — Foto: Divulgação/Polícia Civil

OUVIR NOTÍCIA

Paulo Cupertino Matias é procurado pela polícia no Brasil e no exterior por ter matado namorado e sogros da filha a tiros em 9 de junho em SP. Ele não aceitava romance.

Após três meses, o assassino de Rafael Miguel e dos pais dele continua foragido da Justiça e é procurado pela polícia de São Paulo.

O empresário Paulo Cupertino Matias, de 48 anos, é investigado por ter matado a tiros o ator de 22 anos e o casal João Alcisio Miguel, de 52, e Miriam Selma Miguel, 50, no último dia 9 de junho na Zona Sul da capital.

Segundo a Polícia Civil, Paulo atirou 13 vezes nas vítimas porque não aceitava o namoro de sua filha Isabela Tibcherani Matias, 18, com Rafael. Câmeras de segurança gravaram parte do crime. Imagens mostram as vítimas caindo após serem baleadas e o empresário fugindo (veja abaixo).

Brasil e exterior

 

Policiais já compartilharam informações e verificaram mais de 60 endereços em seis estados para tentar localizar o paradeiro do assassino. Além de São Paulo, tiveram informações das policiais de Minas Gerais, Espírito Santo, Paraná, Goiás e Mato Grosso do Sul.

Entre os dias 9 de junho e 31 de julho, os serviços Disque Denúncia, que atende pelo número de telefone 181, e Web Denúncia receberam juntas 54 denúncias sobre o possível paradeiro de Paulo.

A polícia informou ainda que devido a possibilidade de o pai de Isabela ter fugido para outro país, foi pedida a inclusão do nome dele na lista de criminosos mais procurados do mundo, a Interpol.

A investigação ainda divulgou fotos dos possíveis disfarces que o homem procurado pelos assassinatos possa utilizar para não ser reconhecido (veja acima).

Isabela Matias e Rafael Miguel em foto tirada antes do crime cometido pelo pai dela, que matou o rapaz e os pais dele. Homem não concordava com o namoro da filha â?? Foto: Reprodução/Arquivo pessoal/Redes sociais

Isabela Matias e Rafael Miguel em foto tirada antes do crime cometido pelo pai dela, que matou o rapaz e os pais dele. Homem não concordava com o namoro da filha — Foto: Reprodução/Arquivo pessoal/Redes sociais

A pedido da polícia, a Justiça bloqueou a única conta bancária em nome de Paulo. A ideia dos investigadores é que, sem poder movimentar dinheiro para continuar se escondendo, o comerciante decida se entregar.

Policiais ainda apuram a possibilidade de Paulo estar recebendo ajuda de outras pessoas para não ser preso.

Ele já teve passagens criminais anteriores por outros crimes, como agressão e roubo. Em seu braço está tatuado ‘Marginal sempre marginal’.

Investigação

 

O caso é apurado pelo 98º Distrito Policial (DP), no Jardim Miriam, que já ouviu os depoimentos de testemunhas, entre elas o de Isabela e o da mãe dela, Vanessa Tibcherani de Camargo, de 39 anos.

Apesar disso, a polícia ainda não concluiu o inquérito porque depende do Instituto de Criminalística (IC) marcar a data da reconstituição do crime, o que ainda não ocorreu.

A polícia pede a quem tiver informações sobre seu paradeiro para ligar 181, número do Disque-Denúncia. Não é preciso se identificar.

 

Homenagem

Isabela Tibcherani fez tatuagem em homenagem ao namorado Rafael Miguel, morto em 9 de junho em São Paulo pelo pai dela. 'Sempre juntos', diz a frase â?? Foto: Reprodução/Arquivo pessoal

Isabela Tibcherani fez tatuagem em homenagem ao namorado Rafael Miguel, morto em 9 de junho em São Paulo pelo pai dela. 'Sempre juntos', diz a frase — Foto: Reprodução/Arquivo pessoal

Esperamos, sim, uma ação mais eficaz da justiça para nos trazer respostas e resolução. É o mínimo, já que não podem nos trazer de volta tudo que nos foi tirado”, escreveu Isabela nas suas redes sociais em 9 de agosto, quando os assassinatos do seu namorado e dos sogros haviam completado dois meses.

A estudante deixou de usar o sobrenome paterno, Matias, e tatuou no ombro a frase “Together, always [Sempre juntos, numa tradução livre do inglês para o português]” em homenagem a Rafael.

Fonte

Kleber Tomaz, G1 SP — São Paulo

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

BRASIL
Adeus, governo Bolsonaro
Adeus, governo Bolsonaro
VISUALIZAR
Política
JOÃO DA SOPA MUDA DE PARTIDO E DIZ QUE SERÁ PRÉ – CANDIDATO NAS ELEIÇÕES DESTE ANO EM...
JOÃO DA SOPA MUDA DE PARTIDO E DIZ QUE SERÁ PRÉ – CANDIDATO NAS ELEIÇÕES DESTE ANO EM GEORGINO AVELINO
VISUALIZAR
Economia
Governo repassa R$ 277 mil para premiados no 8° sorteio da Nota Potiguar
Governo repassa R$ 277 mil para premiados no 8° sorteio da Nota Potiguar
VISUALIZAR
NATAL RN
Tarifa de ônibus sobe para R$ 4,35 em Natal
Tarifa de ônibus sobe para R$ 4,35 em Natal
VISUALIZAR
Rio Grande do Norte
Oito pessoas são presas no RN em operações da Seap no Carnaval
Oito pessoas são presas no RN em operações da Seap no Carnaval
VISUALIZAR
Esportes
Atleta paralímpico João Saci quer conquistar o Monte Everest
Atleta paralímpico João Saci quer conquistar o Monte Everest
VISUALIZAR
Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )