Portal Correio do Agreste - A serviço do povo!

Vendas do comércio varejista crescem 0,6% de outubro para novembro

É a 7ª alta consecutiva do indicador, que acumula 3,3% no período
Vendas do comércio varejista crescem 0,6% de outubro para novembro
Rovena Rosa/Agência Brasil

OUVIR NOTÍCIA

O volume de vendas do comércio varejista cresceu 0,6% na passagem de outubro para novembro de 2019. Segundo dados da Pesquisa Mensal do Comércio (PMC), divulgada hoje (15) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), esta é a sétima alta consecutiva do indicador, que acumula alta de 3,3% no período.

O comércio também teve altas na média móvel trimestral (0,5%), na comparação com novembro de 2018 (2,9%), no acumulado de janeiro a novembro de 2019 (1,7%) e no acumulado de 12 meses (1,6%).

A alta de outubro para novembro foi puxada por quatro das oito atividades pesquisadas, com destaque para artigos farmacêuticos, médicos, de perfumaria e cosméticos (4,1%). Também tiveram alta outros artigos de uso pessoal e doméstico (1%), móveis e eletrodomésticos (0,5%) e equipamentos e material para escritório, informática e comunicação (2,8%).

Três atividades tiveram queda no volume de vendas de outubro para novembro: tecidos, vestuário e calçados (-0,2%), combustíveis e lubrificantes (-0,3%) e livros, jornais, revistas e papelaria (-4,7%). O setor de supermercados, alimentos, bebidas e fumo manteve em novembro o mesmo patamar de vendas do mês anterior.

A receita nominal do varejo também cresceu em todos os tipos de comparação: em relação a outubro (0,9%), na comparação com novembro de 2018 (4,9%), na média móvel trimestral (0,7%), no acumulado de janeiro a novembro (4,7%) e no acumulado de 12 meses (4,6%).

Varejo ampliado

O varejo ampliado, que agrega os segmentos de veículos e materiais de construção aos oito segmentos do varejo, teve queda de 0,5% na passagem de outubro para novembro, devido ao recuo de 1% na atividade de veículos, motos, partes e peças. Os materiais de construção tiveram variação positiva de 0,1%.

Nos demais tipos de comparação, no entanto, o varejo ampliado teve altas: média móvel trimestral (0,4%), comparação com novembro de 2018 (3,8%), acumulado dos onze primeiros meses de 2019 (3,8%) e acumulado de 12 meses (3,6%).

A receita nominal caiu 0,3% na comparação com outubro, mas cresceu 0,5% na média móvel trimestral, 5,5% em relação a novembro de 2018, 6,3% no acumulado de janeiro a novembro de 2019 e 6,1% no acumulado de 12 meses.

Fonte

Agência Brasil

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

Policial
Motorista causa acidente e foge, mas é preso após voltar para pegar o carro
Motorista causa acidente e foge, mas é preso após voltar para pegar o carro
VISUALIZAR
BRASIL
Há 75 anos, morria Mário de Andrade, um dos maiores escritores do país
Há 75 anos, morria Mário de Andrade, um dos maiores escritores do país
VISUALIZAR
Senador Georgino Avelino
AULAS DA ESCOLA JOSÉ ALVES ACIOLE EM CARNAÚBA INICIAM NA PRÓXIMA SEGUNDA (02)
AULAS DA ESCOLA JOSÉ ALVES ACIOLE EM CARNAÚBA INICIAM NA PRÓXIMA SEGUNDA (02)
VISUALIZAR
Rio Grande do Norte
Brasileiro que estava em quarentena por causa do coronavírus chega ao RN
Brasileiro que estava em quarentena por causa do coronavírus chega ao RN
VISUALIZAR
NATAL RN
Terça do Carnaval de Natal tem shows em seis polos e mais blocos por toda cidade; veja...
Terça do Carnaval de Natal tem shows em seis polos e mais blocos por toda cidade; veja programação
VISUALIZAR
JUSTIÇA
Entenda critérios da legislação brasileira sobre processo de adoção no país
Entenda critérios da legislação brasileira sobre processo de adoção no país
VISUALIZAR
Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )