Portal Correio do Agreste - A serviço do povo!

TRE declara ex-governador Robinson Faria inelegível por 8 anos

Por maioria dos votos, o Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) declarou a inelegibilidade do ex-governador Robinson Faria
TRE declara ex-governador Robinson Faria inelegível por 8 anos
Robinson Faria | Foto: Marcelo Camargo

OUVIR NOTÍCIA

Por maioria dos votos, o Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) declarou a inelegibilidade do ex-governador Robinson Faria e de cinco ex-agentes públicos da administração estadual pela prática de abuso de poder econômico e político nas Eleições de 2018. A suspensão dos direitos políticos deve durar oito anos, conforme decisão da Justiça Eleitoral. 

Robinson Faria, eleito para a gestão de 2015 a 2018, era o então governador do estado no período daquela eleição. A Procuradoria Regional Eleitoral apontou que, além do ex-governador, os auxiliares Francisco Vagner Gutemberg de Araújo, Pedro Ratts de Ratis, Pedro de Oliveira Cavalcanti Filho, Ana Valéria Barbalho Cavalcanti e Josimar Custódio Ferreira utilizaram recursos públicos em ações institucionais de forma que comprometeram a isonomia do pleito.

"Os fatos trazidos a apreciação confluem para o mesmo propósito: a prática sistemática, reiterada e ostensiva de ações governamentais, com a utilização exacerbada e recursos públicos, objetivando massificar na mente do eleitorado a ideia de que a permanência do então governador seria a melhor opção na disputa pela administração estadual que se avizinhava", destacou em seu voto o relator do processo, Desembargador Ibanez Monteiro, que foi acompanhado pelo Desembargador Gilson Barbosa e pelos juízes Geraldo Mota e Érika Paiva.

"Não se tratou de um fato isolado, mas de várias condutas com nítida conotação político-eleitoral, as quais foram realizadas durante o período eleitoral ou mesmo no período vedado, com temáticas pertinentes às áreas de interesse do eleitorado, enaltecendo a administração e, por conseguinte, a necessidade de sua permanência", completou o relator.

Em nota, a defesa de Robinson Farias informou que irá recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), "com a certeza de que essa injustiça será reparada".

Fonte

portal da tropical

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

Policial
MOTOCICLETA COM QUEIXA DE ROUBO É RECUPERADA PELA POLÍCIA MILITAR EM SÃO JOSÉ DE MIPIBU
MOTOCICLETA COM QUEIXA DE ROUBO É RECUPERADA PELA POLÍCIA MILITAR EM SÃO JOSÉ DE MIPIBU
VISUALIZAR
GRANDE NATAL
São Gonçalo do Amarante ganha shopping e novas oportunidades de negócios
São Gonçalo do Amarante ganha shopping e novas oportunidades de negócios
VISUALIZAR
Coronavírus
Mais 25 mortes por covid-19 são registradas no RN, sendo 8 nas últimas 24 horas; casos...
Mais 25 mortes por covid-19 são registradas no RN, sendo 8 nas últimas 24 horas; casos passam de 170 mil
VISUALIZAR
Policial
Operação da PF combate fraudes ao auxílio emergencial
Operação da PF combate fraudes ao auxílio emergencial
VISUALIZAR
Rio Grande do Norte
RN tem a menor participação de mulheres nas polícias do Brasil, aponta IBGE
RN tem a menor participação de mulheres nas polícias do Brasil, aponta IBGE
VISUALIZAR
BRASIL
WhatsApp libera chamadas de voz e vídeo pelo computador: saiba como ativar
WhatsApp libera chamadas de voz e vídeo pelo computador: saiba como ativar
VISUALIZAR
Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )