Portal Correio do Agreste - A serviço do povo!

PF faz buscas na casa do governador do Amazonas e tenta prender secretário de Saúde

Operação encontrou indícios de favorecimento a empresários no aluguel de complexo hospitalar como hospital de campanha. Secretário disse que vai prest
PF faz buscas na casa do governador do Amazonas e tenta prender secretário de Saúde
Secretário da Saúde, Marcellus Campêlo (esq.) e o governador Wilson Lima (dir.), em imagem de arquivo, durante entrevista coletiva — Foto: Reprodução

OUVIR NOTÍCIA

O governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), e o secretário estadual de Saúde, Marcellus Campêlo, foram alvos de uma nova operação da Polícia Federal para apurar gastos do estado na pandemia.

Desta vez, são investigadas supostas irregularidades na construção do hospital de Campanha Nilton Lins, em Manaus, alugado pelo estado para o combate à Covid-19 (entenda mais abaixo).

Resumo:
Operação investiga se funcionários da Secretaria de Estado de Saúde fizeram contratação fraudulenta para favorecer grupo de empresários locais para a construção de hospital de campanha, sob orientação da cúpula do governo do Estado.
Agentes fizeram buscas na casa de Lima, na sede do governo do Amazonas, na Secretaria de Saúde e na casa do secretário estadual de Saúde, Marcellus Campêlo.
Há um mandado de prisão contra o secretário, mas Campêlo não havia sido encontrado até a última atualização desta reportagem. Em nota, ele disse que estava viajando, mas está "à disposição" da Justiça e vai "prestar todos os esclarecimentos" (leia mais ao final da reportagem).
Também houve ações da PF no Hospital Nilton Lins e na casa do dono da unidade, Nilton Costa Lins Júnior, que foi preso. Durante a ação da PF, o empresário chegou a efetuar disparos com arma de fogo.
Há, ainda, autorização da Justiça para a quebra dos sigilos bancário, fiscal e telefônico do governador e do secretário de Saúde.

Governador já foi alvo de outra operação

Em junho do ano passado, o governador Wilson Lima já tinha sido alvo de buscas da PF por suspeita de desvio na compra de respiradores. Ele deve ser julgado pelo caso na Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça (STJ) nesta quarta (leia mais abaixo). Na operação da PF do ano passado, a então secretária de Saúde do estado chegou a ser presa.

Os mandados de busca e apreensão desta quarta-feira, 19 ao todo, e os de prisão, que somam 6, foram autorizados pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ). Há mandados sendo cumpridos pelos agentes da PF em Manaus e em Porto Alegre (RS).

Foram detidos na operação Sérgio José Silva Chalub, Rafael Garcia da Silveira, Frank Andrey Gomes de Abreu, Carlos Henrique Alecrim John.

Contratação irregular e risco de contaminação
A operação da PF desta quarta é parte da quarta fase da Operação Sangria, que investiga crimes como pertencimento a organização criminosa, fraude a licitação e desvio de recursos públicos.

Foram encontrados indícios de que funcionários da Secretaria de Saúde amazonense tenham beneficiado grupo de empresários na contratação de parte do Complexo Hospitalar Nilton Lins para ser usado como hospital de campanha.

A PF também apontou que o hospital não atende às necessidades básicas de assistência à população atingida pela pandemia. Além disso, o local põe pacientes e funcionários em risco de contaminação, ainda segundo a investigação.
Segundo a investigação, contratos assinados em janeiro de 2021 com o governo do Amazonas para serviços de conservação e limpeza, lavanderia hospitalar e diagnóstico por imagem no hospital de campanha têm indícios de irregularidades no processo licitatório, prática de sobrepreço e não prestação de serviços contratados.

Os responsáveis pelas irregularidades poderão responder pelos crimes de fraude à licitação, peculato e pertencimento a organização criminosa. Se condenados, poderão cumprir pena de até 24 anos de reclusão.

Julgamento no STJ e depoimentos na CPI
Além da ação da PF, Wilson Lima enfrenta na manhã desta quarta-feira (9) o julgamento, pela Corte Especial do STJ, de uma denúncia por supostas fraudes na compra de respiradores. No ano passado, o governo comprou respiradores, sem licitação, de uma importadora de vinhos. O vice-governador do Amazonas, Carlos Almeida, também responde à denúncia, junto com outras 16 pessoas.
Já na CPI da Covid do Senado, que investiga a atuação do governo federal na pandemia e o uso de recursos federais por estados e municípios, o governador Wilson Lima e o secretário Marcellus Campêlo foram convocados para depor.

Veja a lista de governadores convocados pela CPI da Covid
O que disseram os alvos da operação
O G1 tenta contato com a defesa de todos os envolvidos.

Em nota, a assessoria do secretário Marcellus Campêlo informou que ele se encontrava "em viagem, de interesse particular, devidamente comunicada ao Governo do Estado". "Retornou a Manaus logo que tomou conhecimento da operação para se apresentar à Polícia Federal e prestar todos os esclarecimentos necessários", informou a nota.

O secretário sempre esteve à disposição da Justiça, tem convicção de que sua administração tem atuado de forma correta, dentro da legalidade e da transparência.

A reportagem procurou o governo do estado, mas não obteve reposta até a última atualização desta reportagem.

O advogado do empresário preso Nilton Costa Lins Júnior, José Carlos Cavalcante, afirma que não foi autorizado a acompanhar as buscas. Ele afirmou que houve tiros durante a ação, disparados pelo empresário. Ninguém ficou ferido.

Fonte

G1

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

Senador Georgino Avelino
MUNICÍPIO DE GEORGINO AVELINO RETORNA COM REUNIÕES DO GRUPO DE GESTANTES
MUNICÍPIO DE GEORGINO AVELINO RETORNA COM REUNIÕES DO GRUPO DE GESTANTES
VISUALIZAR
Política
PREFEITO DE PASSA E FICA DECLARA APOIO À PRÉ-CANDIDATURA DE BENES LEOCÁDIO AO GOVERNO DO RN
PREFEITO DE PASSA E FICA DECLARA APOIO À PRÉ-CANDIDATURA DE BENES LEOCÁDIO AO GOVERNO DO RN
VISUALIZAR
Senador Georgino Avelino
PREFEITURA DE GEORGINO AVELINO REALIZA ENTREGA DE CERCA DE 900 CESTAS BÁSICAS PARA ALUNOS E...
PREFEITURA DE GEORGINO AVELINO REALIZA ENTREGA DE CERCA DE 900 CESTAS BÁSICAS PARA ALUNOS E PESSOAS INSCRITAS NO CADASTRO ÚNICO
VISUALIZAR
Policial
Operação prende membro de facção criminosa suspeito de fabricar armas em Natal
Operação prende membro de facção criminosa suspeito de fabricar armas em Natal
VISUALIZAR
NORDESTE
Casal morre após acidente grave entre duas motos na Paraíba
Casal morre após acidente grave entre duas motos na Paraíba
VISUALIZAR
Rio Grande do Norte
Garçom morre após levar choque elétrico no local de trabalho no RN
Garçom morre após levar choque elétrico no local de trabalho no RN
VISUALIZAR
Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )