Portal Correio do Agreste - A serviço do povo!

Petrobras aumenta gás de cozinha em 5% para as distribuidoras

O valor passará a ser de R$ 3,21 por quilo, com um aumento médio de R$ 0,15 por quilo; mudança vale tanto para o uso em indústrias quanto para o uso d
Petrobras aumenta gás de cozinha em 5% para as distribuidoras
Preço do gás de cozinha tem aumentado - Foto: Divulgação / Reprodução

OUVIR NOTÍCIA

A Petrobras vai aumentar o preço médio de venda do gás liquefeito de petróleo (GLP) em 5% para as distribuidoras nesta sexta-feira (2). O valor passará a ser de R$ 3,21 por quilo, com um aumento médio de R$ 0,15 por quilo, valendo tanto para o uso em indústrias quanto para o uso doméstico. O aumento foi confirmado pela estatal. Esse é 4º reajuste realizado pela petrolífera desde o início do ano. Segundo a companhia, em nota enviada ao CNN Brasil Business, “os preços praticados pela Petrobras têm como referência os preços de paridade de importação e, dessa maneira, acompanham as variações do valor do produto no mercado internacional e da taxa de câmbio, para cima e para baixo”. Nesta quinta-feira (1º), às 15h38, a moeda americana subia 1,24%, a R$ 5,7005. O último reajuste realizado pela Petrobras foi em 1º de março, o que deixou o preço do botijão de gás de cozinha praticamente estável em R$ 83,25, frente à média de R$ 83,18 uma semana antes. O valor mais alto da história do combustível foi encontrado na região Centro-Oeste, a R$ 120,00, mesmo após os impostos federais serem zerados para o botijão de 13 quilos de GLP. “Os valores praticados nas refinarias pela Petrobras são diferentes dos percebidos pelo consumidor final no varejo. Até chegar ao consumidor são acrescidos tributos federais e estaduais, custos para envase pelas distribuidoras, além dos custos e margens das companhias distribuidoras e dos revendedores”, explica a Petrobras. Em declaração recente, a companhia afirmou que “os impostos do gás de cozinha e do diesel já estão sendo zerados na hora da compra nas refinarias”. Efeitos da pandemia A pandemia da Covid-19 tem aumentado o consumo do gás de cozinha pelos brasileiros. Em 2020, a alta foi de 5% no consumo do botijão de 13 Kg em relação ao ano anterior. Já o consumo de GLP industrial teve queda de 2,3%. A Empresa de Pesquisa Energética (EPE) projeta alta de 1,7% ao ano para a demanda de GLP até 2030, substituindo o uso de lenha e carvão nas áreas rurais, enquanto nos centros urbanos o GLP perde espaço para o gás natural encanado. Em uma década (2021 -2020), o consumo de GLP subiu 8,8%, de acordo com dados da ANP. Segundo o Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Gás Liquefeito de Petróleo (Sindigás), o Brasil possui 19 distribuidoras de GLP, sendo que quatro empresas detém 80% do mercado: Ultragaz (23%); Liquigás (21%); Supergasbras (20%) e Nacional Gás (18%).


Fonte

Agora rn

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

Receitas
Inove com a receita deliciosa do manjar de coco com calda de goiabada
Inove com a receita deliciosa do manjar de coco com calda de goiabada
VISUALIZAR
INTERIOR DO RN
Cunhados são retirados de dentro de casa e executados no interior do RN
Cunhados são retirados de dentro de casa e executados no interior do RN
VISUALIZAR
Policial
Suspeito de estuprar criança de 11 anos é apreendido no interior do RN
Suspeito de estuprar criança de 11 anos é apreendido no interior do RN
VISUALIZAR
Pandemia
RN registra 39 mortes e 770 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas
RN registra 39 mortes e 770 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas
VISUALIZAR
Saúde
RN tem 103 municípios “em risco” de ficar sem oxigênio hospitalar nos próximos 10 dias
RN tem 103 municípios “em risco” de ficar sem oxigênio hospitalar nos próximos 10 dias
VISUALIZAR
Policial
Moto roubada de sargento da PM é encontrada enterrada em Mãe Luíza
Moto roubada de sargento da PM é encontrada enterrada em Mãe Luíza
VISUALIZAR
Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )