Portal Correio do Agreste - A serviço do povo!

Número 2 da PF pede para depor outra vez sobre suposta interferência

O diretor executivo da Polícia Federal e ex-superintendente da corporação no Rio, delegado Carlos Henrique Oliveira, deve ser ouvido novamente na próx
Número 2 da PF pede para depor outra vez sobre suposta interferência

OUVIR NOTÍCIA

Odiretor executivo da Polícia Federal e ex-superintendente da corporação no Rio, delegado Carlos Henrique Oliveira, pediu para prestar um novo depoimento no inquérito que investiga suposta tentativa de interferência política do presidente Jair Bolsonaro na PF. Oliveira deve ser ouvido novamente na próxima quarta-feira.
O número 2 da PF contradisse Bolsonaro. Oliveira afirmou em audiência na quarta-feira passada que a regional fluminense mirou familiares do presidente. Segundo ele, o inquérito "era de âmbito eleitoral, e já foi relatado sem indiciamento". Disse ainda que a saída do delegado Ricardo Saadi da chefia da PF no Rio não se deu por "questões de produtividade", como alegou Bolsonaro na primeira tentativa de trocar o superintendente da corporação fluminense, pivô da crise entre o presidente e o ex-ministro Sérgio Moro.

Fonte

agora rn

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

Saúde
Covid-19: Rio cria gratificação para médicos que atuarem em UTI
Covid-19: Rio cria gratificação para médicos que atuarem em UTI
VISUALIZAR
Mundo
Sobe para 27 total de mortos por chuvas em El Salvador
Sobe para 27 total de mortos por chuvas em El Salvador
VISUALIZAR
Mundo
Mais antiga estrutura de civilização maia é encontrada no México
Mais antiga estrutura de civilização maia é encontrada no México
VISUALIZAR
Rio Grande do Norte
Novo decreto será mais rígido, diz secretário de Relações Institucionais do RN
Novo decreto será mais rígido, diz secretário de Relações Institucionais do RN
VISUALIZAR
Coronavírus
Brasil registra 1.349 mortes por covid-19 em 24 horas e chega a 32.548
Brasil registra 1.349 mortes por covid-19 em 24 horas e chega a 32.548
VISUALIZAR
Descanso
Qualidade do sono pode ajudar no combate à Covid-19
Qualidade do sono pode ajudar no combate à Covid-19
VISUALIZAR
Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )