Portal Correio do Agreste - A serviço do povo!

Ministro da Cidadania diz que governo estuda mudanças no Bolsa Família

João Roma esteve hoje em audiência pública na Câmara dos Deputados
Ministro da Cidadania diz que governo estuda mudanças no Bolsa Família
Fábio Rodrigues Pozzebom Agencia Brasil

OUVIR NOTÍCIA

O ministro da Cidadania, João Roma, afirmou hoje (24) que o governo avalia fazer mudanças no programa Bolsa Família. De acordo com o ministro, há um estudo em discussão na pasta tratando da ampliação do programa. Em audiência na Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados, Roma disse que haverá uma reunião na próxima semana com integrantes da Frente Parlamentar Mista de Renda Básica para debater o tema, mas não deu maiores detalhes.

“Há uma estudo no ministério buscando o fortalecimento do programa Bolsa Família. Tenho conversado com diversos colegas parlamentares, de diversas correntes, sobre o tema e inclusive pré-agendamos uma reunião, no dia 29 de março, com a Frente Parlamentar de Renda, onde vamos discutir um pouco para que a gente possa buscar agregar e construir uma proposta de ampliação do programa”, afirmou.

A intenção do governo, disse Roma, é que a mudança no programa seja implantada a partir de agosto, após o final do pagamento do auxílio emergencial, previsto para julho. Na audiência, o ministro reafirmou ainda que o pagamento da nova rodada do auxílio emergencial será realizado a partir do mês de abril. De acordo com Roma, a pasta está finalizando os contratos com a Dataprev e a Caixa Econômica Federal (CEF) para finalizar o calendário de pagamentos.

“Estou confiante em conseguir executar o pagamento já agora no mês de abril, de uma forma tranquila, transparente, evitando aglomerações, dando o máximo de informações e recursos digitais também, para que essas famílias possam receber esses recursos”, disse Roma.

A nova rodada de pagamento do auxílio será paga em três valores diferentes. Serão R$ 150 para os beneficiários que moram sós; R$ 250 para famílias e R$ 375 às mulheres que são chefes de família. No total, serão pagas quatro parcelas nos meses de abril, maio, junho e julho. A previsão é que 46 milhões de famílias deverão ser beneficiadas com a medida.

“Essa nova rodada de auxílio deve abranger cerca de 46 milhões de beneficiários. Acredito que teremos números precisos no final da próxima semana com o detalhamento inclusive de quais públicos específicos poderemos dispor”, disse Roma.

Fonte

Agência Brasil

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

Receitas
Inove com a receita deliciosa do manjar de coco com calda de goiabada
Inove com a receita deliciosa do manjar de coco com calda de goiabada
VISUALIZAR
INTERIOR DO RN
Cunhados são retirados de dentro de casa e executados no interior do RN
Cunhados são retirados de dentro de casa e executados no interior do RN
VISUALIZAR
Policial
Suspeito de estuprar criança de 11 anos é apreendido no interior do RN
Suspeito de estuprar criança de 11 anos é apreendido no interior do RN
VISUALIZAR
Pandemia
RN registra 39 mortes e 770 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas
RN registra 39 mortes e 770 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas
VISUALIZAR
Saúde
RN tem 103 municípios “em risco” de ficar sem oxigênio hospitalar nos próximos 10 dias
RN tem 103 municípios “em risco” de ficar sem oxigênio hospitalar nos próximos 10 dias
VISUALIZAR
Policial
Moto roubada de sargento da PM é encontrada enterrada em Mãe Luíza
Moto roubada de sargento da PM é encontrada enterrada em Mãe Luíza
VISUALIZAR
Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )