Portal Correio do Agreste - A serviço do povo!

Manchas de óleo são encontradas nos parrachos de Maracajaú, no RN

Segundo município, passeios turísticos para os parrachos sequem normalmente e não foram afetados. Município enfrenta dificuldade
Manchas de óleo são encontradas nos parrachos de Maracajaú, no RN
Foto de arquivo mostra atividade turística nos parrachos de Maracajaú. Segundo secretário, manchas de óleo foram achadas na região. — Foto: Canindé Soares

OUVIR NOTÍCIA

Segundo município, passeios turísticos para os parrachos sequem normalmente e não foram afetados. Município enfrenta dificuldade para realizar limpeza das praias.

Um dos principais pontos turísticos do Rio Grande do Norte, os parrachos de Maracajaú foram afetados pelas manchas de óleo que aparecem desde setembro no litoral nordestino. A informação foi confirmada pelo secretário de Meio Ambiente de Maxaranguape - município onde os parrachos estão localizados - Flávio Farias.

"Nós temos dados registrados pelo pessoal do programa de monitoramento ambiental que existe sim o óleo nos parrachos de Maracajaú. É uma preocupação e foge um pouco da nossa perspectiva de limpeza. Está lá dentro dos parrachos, dentro da água, então a gente tem que estudar como pode ser feito algum tipo de ação para minimizar esse impacto nos parrachos também", afirmou o secretário.

De acordo com ele, a presença do óleo não atrapalhou os passeios turísticos da região e a quantidade do óleo encontrada pela equipe desde a semana passada é pequena, mas a situação gera preocupação. O Rio Grande do Norte é o estado com maior número de áreas afetadas: são pelo menos 43, segundo levantamento do Ibama. Veja a lista de praias afetadas.

"Com certeza, o óleo que chegou à praia passou por lá", lembra. Os parrachos ficam na Área de Proteção Ambiental dos Recifes de Corais, e a região é denominada como o 'Caribe brasileiro'.

Segundo Flávio Farias, o município quer um maior diálogo com os órgãos estaduais e federais para buscar alternativas para a limpeza da região, porque não tem condições de disponibilizar pessoal e equipamentos para fazer a limpeza das praias e dos parrachos.

Até agora, a prefeitura fez quatro ações de limpeza, disponibilizando quatro servidores para fazer a coleta de óleo de forma manual, usando espátulas. Cerca de 100 litros, de uma mistura de óleo e areia, estão armazenados em uma bombona de plástico da prefeitura, mas o volume ainda é muito pequeno comparado ao que ainda está nas praias, conforme explica.

"Nessas quatro campanhas a gente não conseguiu nem finalizar a praia de Barra de Maxaranguape e ainda precisamos estender à praia de Caraúbas, onde a gente tem a preocupação com a desova de tartarugas marinhas, e à praia de Maracajaú, onde estão os parrachos. Se continuar assim, vai ser uma coisa muito demorada e a gente vê que a cada dia aparece mais óleo, se envolve com a areia, fica em cima das pedras, dos recifes", conta.

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

Futebol
Sem Cristiano Ronaldo, Juventus vence o Brescia com golaços e seca a Inter
Sem Cristiano Ronaldo, Juventus vence o Brescia com golaços e seca a Inter
VISUALIZAR
Futebol
É campeão! Trio decide, Flamengo domina o Athletico-PR e conquista a Supercopa
É campeão! Trio decide, Flamengo domina o Athletico-PR e conquista a Supercopa
VISUALIZAR
Educação
Na volta às aulas, nutricionista potiguar dá dicas de como montar lanches saudáveis e...
Na volta às aulas, nutricionista potiguar dá dicas de como montar lanches saudáveis e divertidos
VISUALIZAR
BRASIL
Pimenta: "bandido bom é bandido morto" não vale para Bolsonaro quando é um comparsa seu
Pimenta:
VISUALIZAR
BRASIL
Deputado federal Loester Trutis diz que seu carro foi atingido por 5 tiros e que revidou
Deputado federal Loester Trutis diz que seu carro foi atingido por 5 tiros e que revidou
VISUALIZAR
MOSSORÓ RN
Homem é assassinado a tiros em Mossoró, no Oeste potiguar
Homem é assassinado a tiros em Mossoró, no Oeste potiguar
VISUALIZAR
Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )