Portal Correio do Agreste - A serviço do povo!

LULA: EU NÃO VOU MORRER ANTES DE PROVAR QUE MORO É MENTIROSO

Em entrevista que Lula concedeu ao jornalista Kennedy Alencar no último
LULA: EU NÃO VOU MORRER ANTES DE PROVAR QUE MORO É MENTIROSO

OUVIR NOTÍCIA

Em entrevista que Lula concedeu ao jornalista Kennedy Alencar no último dia 3 de maio, o ex-presidente Lula condenou todo o esquema jurídico-midiático arquitetado pela Operação Lava Jato que o impediu de disputar as eleições presidenciais e culminou em sua prisão política; "Eu não vou morrer antes de provar que Moro é mentiroso", salienta

 Em entrevista que Lula concedeu ao jornalista Kennedy Alencar no último dia 3 de maio, o ex-presidente Lula condenou todo o esquema jurídico-midiático arquitetado pela Operação Lava Jato, que culminou em sua prisão política. "Eu não vou morrer antes de provar que Moro é mentiroso", salientou. 

Lula afirmou que o processo tinha que cair na mão do Moro, "porque quem fez o pacto com a imprensa". "Kennedy, é importante lembrar que o Moro visitou a redação de todos os jornais, de todas as revistas, de todos os canais de televisão. O Moro não precisava ser juiz. Se ele fosse repórter, já valia a condenação, porque a imprensa recebia as acusações antes dos advogados", expôs.

Ele ainda ressaltou que "hoje, no Brasil, você é condenado pela manchete do jornal, você não é condenado pelo processo". "Eu duvido que você encontre na sentença do Moro uma afirmação de que tem dinheiro da Petrobras. Eu duvido que você encontre uma afirmação de que o apartamento é meu. Por que você acha que eu fico bravo? É porque eu não vou morrer antes de provar que o Moro é mentiroso, não vou morrer antes de provar que o Dallagnol é mentiroso, não vou morrer antes de provar que o inquérito contra mim é mentiroso, que a juíza que deu a sentença mentiu a meu respeito, que o TRF-4 [Tribunal Regional Federal da 4ª Região, sediado em Porto Alegre] mentiu a meu respeito", acrescentou o ex-presidente. 

"Por que você acha que eu estou aqui? Por que você acha que eu digo que não troco a minha dignidade pela minha liberdade? De vez em quando, as pessoas falam: "Mas agora foi julgado lá, tem a tal da detração, você já pode sair". Obviamente, quando os meus advogados disserem:"Lula, você pode sair", eu vou sair. Só sairei daqui se qualquer coisa que tiver que se tomar uma decisão não me impedir de continuar brigando pela minha inocência", disse ele.

Fonte

247

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

MOSSORÓ RN
PM flagra bar com 200 pessoas e prende donos por descumprirem a decreto de isolamento social...
PM flagra bar com 200 pessoas e prende donos por descumprirem a decreto de isolamento social em Mossoró
VISUALIZAR
GRANDE NATAL
Com UPA superlotada, paciente aguarda atendimento em calçada na Grande Natal;
Com UPA superlotada, paciente aguarda atendimento em calçada na Grande Natal;
VISUALIZAR
Mundo
Argentina defende aumento nas restrições para conter novo coronavírus
Argentina defende aumento nas restrições para conter novo coronavírus
VISUALIZAR
Esportes
Ceará inicia treinos presenciais no CT de Porangabuçu
Ceará inicia treinos presenciais no CT de Porangabuçu
VISUALIZAR
Economia
Governo apresenta ainda em junho projeto para estimular a cabotagem
Governo apresenta ainda em junho projeto para estimular a cabotagem
VISUALIZAR
Saúde
Vacinação é prorrogada para público de todas as fases da campanha
Vacinação é prorrogada para público de todas as fases da campanha
VISUALIZAR
Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )