Portal Correio do Agreste - A serviço do povo!

Notícias AL RN

Francisco do PT questiona instalação da CPI da Covid-19 para investigar governo Fátima na ALRN

“Não temos o que temer. Estamos diante de um governo honesto e transparente”, disparou o deputado estadual

Francisco do PT questiona instalação da CPI da Covid-19 para investigar governo Fátima na ALRN
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Durante sessão ordinária da Assembleia Legislativa, nesta quarta-feira 26, o deputado estadual Francisco do PT usou o horário do grande expediente para falar sobre a possível instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19 na Casa Legislativa. O parlamentar disse estar tranquilo quanto a legitimidade do instrumento que é prerrogativa do parlamento e por confiar na honestidade e transparência do Governo da professora Fátima Bezerra (PT). “Não temos o que temer. Estamos diante de um governo honesto e transparente. Que veio para tirar o RN de um abismo profundo”, ressaltou Francisco, dizendo que espera que a Casa Legislativa tenha com a CPI da Covid-19 o mesmo tratamento que vem tendo com mais duas CPI´s instaladas na Assembleia. “Espero a mesma conduta. Hoje esse parlamento tem instalado a CPI da Arena das Dunas que está suspensa com a justificativa que não se tinha condições de tramitar uma Comissão Parlamentar de Inquérito com o modelo de sessão remota”, disse. Francisco indagou os deputados com mandatos anteriores sobre a não instalação de CPIs em outros governos, além do atrasos de salários dos Governos passados. “É preciso que se questione. Estou em meu primeiro mandato e nos anos anteriores não vi os meus colegas deputados investigando temas como os citados acima”, indagou. Francisco do PT aproveitou a oportunidade e convocou todos para uma audiência pública, que será realizada nesta sexta-feira 27, promovida pela Frente Parlamentar em Defesa das Universidades Públicas e Institutos Federais e que debaterá os cortes nas verbas destinadas a essas instituições. “Teremos a participação de reitores, reitoras, membros da UFRN, Ufersa, IFRN. Para que possamos entender o tamanho desses impactos, desses cortes na vida dessas instituições, seja no Ensino, na Pesquisa ou na Extensão”, convocou. A audiência pública ocorrerá de forma virtual e será transmitida pela Tv Assembleia, canal 10.3.


FONTE/CRÉDITOS: Agora RN
Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!