Portal Correio do Agreste - A serviço do povo!

Domingo, 21 de Julho de 2024
REDEC
REDEC

Política

Câmara conclui votação de projeto que cria incentivos para descarbonizar produção de veículos; acompanhe

Relator incluiu no texto a taxação de produtos importados de até 50 dólares

Portal Correio do Agreste
Por Portal Correio do Agreste
Câmara conclui votação de projeto que cria incentivos para descarbonizar produção de veículos; acompanhe
Zeca Ribeiro/Câmara dos Deputados
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
Zeca Ribeiro/Câmara dos Deputados
Arthur Lira (C) preside a sessão do Plenário nesta terça-feira

A Câmara dos Deputados concluiu a votação do Projeto de Lei 914/24, que institui o Programa Mobilidade Verde e Inovação (Mover). O projeto prevê incentivos financeiros de R$ 19,3 bilhões em cinco anos e redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) a fim de estimular a pesquisa e o desenvolvimento de soluções tecnológicas e a produção de veículos com menor emissão de gases do efeito estufa.

A proposta será enviada ao Senado. O texto aprovado é o do substitutivo do relator, deputado Átila Lira (PP-PI).

Pequenas importações Quanto à taxação de produtos importados até 50 dólares, Átila Lira acrescentou uma solução intermediária em seu texto.

Publicidade

Leia Também:

Em agosto do ano passado, no âmbito do programa Remessa Conforme, o governo federal isentou de Imposto de Importação compras internacionais de pessoas físicas abaixo de 50 dólares (cerca de R$ 255), no caso de empresa que aderir ao programa, uma espécie de plano de conformidade que regularizou essas transações.

Após negociações nas últimas semanas, o relator propõe uma taxação de 20% de Imposto de Importação sobre as mercadorias importadas de até 50 dólares. Acima deste valor e até 3 mil dólares (cerca de R$ 16.500,00) o imposto seria de 60%, com desconto de 20 dólares do tributo a pagar (cerca de R$ 110,00).

Emendas Na votação dos destaques apresentados pelos partidos na tentativa de mudar trechos do substitutivo do deputado Átila Lira, o Plenário aprovou emendas em razão de acordos com vários partidos.

Foi aprovada emenda do deputado Aureo Ribeiro (Solidariedade-RJ) que inclui na lei sobre exploração de petróleo regras para a exigência de uso de conteúdo local na exploração e escoamento de petróleo e gás. A emenda estipula ainda multas pelo descumprimento dos percentuais.

Bicicletas Emenda do deputado Jilmar Tatto (PT-SP) aprovada pelo Plenário concede incentivos à produção de bicicletas, inclusive elétricas, por meio da redução do IPI.

A redução será conforme cada etapa de processo produtivo básico, desde a fabricação de partes da bicicleta até a montagem, podendo chegar a 100% de isenção.

Confira os destaques rejeitados:

- destaque do PL pretendia retirar do texto a taxação de 20% sobre a importação ou a comercialização dos veículos sem o registro de compromissos com eficiência energética, reciclabilidade e tecnologias assistivas;

- destaque do PL pretendia retirar do texto a criação do Fundo Nacional de Desenvolvimento Industrial e Tecnológico (FNDIT), a ser administrado pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para gerir recursos das empresas beneficiadas com créditos financeiros do Mover a título de investimento em pesquisa e desenvolvimento exigido como contrapartida;

- emenda do deputado Vitor Lippi (PSDB-SP) pretendia liberar a importação de resíduos sólidos perigosos, como baterias, contanto que fossem utilizadas na fabricação ou outros produtos a serem exportados na mesma proporção.

Mais informações em instantes

Assista ao vivo

FONTE/CRÉDITOS: Agência Câmara Notícias
Comentários:
JATOBÁ
JATOBÁ
REDECON
REDECON

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )