Portal Correio do Agreste - A serviço do povo!

Notícias Esportes

Brasil e França estabelecem recorde de número de pontos em um jogo nas Olimpíadas

Em jogaço, seleções chegam a 249 pontos, maior marca da história dos Jogos

Brasil e França estabelecem recorde de número de pontos em um jogo nas Olimpíadas
Brasil França vôlei masculino Tóquio 2020 — Foto: Reuters
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Foram 2h38 de um jogaço dos dois lados. Neste domingo, Brasil e França protagonizaram o grande confronto das Olimpíadas de Tóquio até aqui. De quebra, entraram, também, para a história. A partida entre as duas candidatas ao ouro olímpico é a maior da história dos Jogos em termos de pontuação. A informação é da Federação Internacional de Vôlei (FIVB).

Nos cinco sets, Brasil e França somaram um total de 249 pontos. Foram 128 para os brasileiros, contra 121 para os franceses. O recorde anterior havia sido no duelo entre Itália e a antiga Iuguslávia nos Jogos de Sydney, em 2000. Os italianos levaram a melhor, mas o jogo entrou na história com 241 pontos jogados.

Renan Dal Zotto, que passou por um longo período de recuperação por conta da Covid, saiu de quadra cansado. O técnico exaltou a boa performance do time.

- Eu, particularmente, estou bem. Cansado, claro, como qualquer um que estivesse ali. Estaria destruído. O jogo foi de um equilíbrio impressionante. A gente estava vendo a pontuação ali, acabou lá em cima. O jogo foi jogado bola por bola. O time da França é impressionante, muita qualidade na defesa. Mas o nosso sistema de bloqueio e defesa funcionou muito bem – disse o técnico.

O jogo por pouco não foi marcado por outro recorde. No segundo set, com o placar em 39/37 a favor dos franceses, os times ficaram perto de superar a marca de Itália e Argentina, também nos Jogos de Sydney. Na época, os italianos levaram a melhor por 40 a 38 na primeira parcial.

- Foi um bom jogo, bem técnico. Com baixo nível de erro. As duas equipes tiveram grandes momentos, às vezes não conseguiram rodar a bola. Jogar assim é gostoso. Saio satisfeito – disse Lucão.

 

E agora?

 

O Brasil ainda vai precisar esperar para conhecer seu rival nas quartas em Tóquio. Como a Rússia venceu a Tunísia e confirmou o primeiro lugar, a seleção terminou em segundo no grupo B. Um sorteio no fim da rodada entre os segundos e terceiros lugares de cada grupo vai definir o chaveamento nas quartas. São três possíveis rivais: Itália, Japão e Irã.

Jogos Olímpicos

Rebeca Andrade faz grande salto e consegue a média de 15.083

 

FONTE/CRÉDITOS: globo.com
Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!