Portal Correio do Agreste - A serviço do povo!

Bolsonaro ainda não respondeu carta dos governadores, diz Doria

Fórum recém-criado diz que aguarda resposta até depois do Carnaval
Bolsonaro ainda não respondeu carta dos governadores, diz Doria
João Doria, governador de São Paulo

OUVIR NOTÍCIA

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), informou que o presidente Jair Bolsonaro ainda não respondeu a carta enviada por 20 governadores brasileiros após o presidente acusar o governador da Bahia, Rui Costa (PT), pela morte do miliciano Adriano da Nóbrega. O governador almoçou neste domingo (23) com o governador do Rio, Wilson Witzel, acompanhado dos ex-assessores da campanha de Bolsonaro, Paulo Marinho e Gustavo Bebiano.

Além do almoço com Witzel, onde tratou de outras questões como pacto federativo, turismo e segurança, o governador de São Paulo vai participar de mais dois eventos no Rio: o campeonato de tênis Rio Open e o desfile das escolas de samba do Grupo Especial na noite deste domingo.

Segundo Doria, os governadores reunidos no Fórum recém-criado concordaram em esperar até depois do Carnaval para ter uma resposta à carta enviada por eles na semana passada na qual acusam Bolsonaro de dar declarações que ferem a democracia brasileira. Se a resposta não vier, porém, uma segunda carta poderá ser enviada. De acordo com Doria, “nunca os governadores estiveram tão unidos”, e que isso seria responsabilidade das próprias declarações de Bolsonaro.

O grupo de governadores tem conversado diariamente por Whatsapp, segundo o governador paulista, que manifestou preocupação também com o que está ocorrendo no Ceará, onde policiais estão envolvidos em um motim que resultou em disparos contra o senador licenciado Cid Gomes. Doria afirmou que “miliciar a polícia tira a legitimidade da categoria e é uma afronta à Constituição”.

“A situação do Ceará nos preocupa. Pensamos em fazer uma nova carta (a Bolsonaro), mas achamos melhor ouvir o presidente Bolsonaro sobre o que já formulamos”, disse Doria, afirmando que se o presidente não responder os governadores vão provocá-lo novamente.

“Não podemos desbalancear um equilíbrio que a sociedade tem com a polícia”, afirmou.

Fonte

Agência Estado

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

Esportes
Times potiguares na série D vão receber auxílio de R$ 120 mil da CBF
Times potiguares na série D vão receber auxílio de R$ 120 mil da CBF
VISUALIZAR
BRASIL
Senadores votarão três projetos nesta semana relacionados à Covid-19
Senadores votarão três projetos nesta semana relacionados à Covid-19
VISUALIZAR
Rio Grande do Norte
RN tem sexta maior incidência de casos de coronavírus do país, diz Ministério da Saúde
RN tem sexta maior incidência de casos de coronavírus do país, diz Ministério da Saúde
VISUALIZAR
NATAL RN
Hospital campanha de Natal tem abertura prevista para 17 de abril
Hospital campanha de Natal tem abertura prevista para 17 de abril
VISUALIZAR
Policial
Casal de bandidos morre após trocar tiros com a PM no Oeste potiguar
Casal de bandidos morre após trocar tiros com a PM no Oeste potiguar
VISUALIZAR
Mundo
China tem primeiro dia sem mortes por novo coronavírus
China tem primeiro dia sem mortes por novo coronavírus
VISUALIZAR
Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )