Portal Correio do Agreste - A serviço do povo!

Auxílio emergencial: como conferir se o CPF foi usado em uma fraude

Brasileiros podem consultar página do benefício para verificar dados
Auxílio emergencial: como conferir se o CPF foi usado em uma fraude

OUVIR NOTÍCIA

Os brasileiros que suspeitam de fraudes no pedido de auxílio emergencial com o uso dos seus dados podem consultar a página do benefício para verificar as informações.

Nessa página, o cidadão deve informar CPF, nome completo, nome da mãe e data de nascimento.

Segundo o tutorial para consultar a situação do benefício, há cinco respostas possíveis para o pedido de auxílio que podem ajudar a entender se há algo de errado com o cadastro.

Confira as respostas possíveis indicadas no tutorial:

Benefício aprovado: Significa que o cidadão é elegível a receber o auxílio emergencial. A data de envio para a Caixa não representa a data efetiva do pagamento do benefício. O calendário de pagamento dos beneficiários deverá ser consultado diretamente no site da Caixa.

Benefício não aprovado: Significa que o cidadão não é elegível a receber o auxílio emergencial. Na mesma tela, o cidadão poderá verificar qual critério não foi atendido, motivo que causou a sua inelegibilidade ao benefício.

Requerimento não encontrado: Caso o requerimento do cidadão ainda não tenha sido recebido pela Dataprev, é apresentada a mensagem "Requerimento não encontrado".

Requerimento retido: A mensagem significa que o cadastro foi retido pela equipe de homologação do Ministério da Cidadania em função da complexidade de cenários e cruzamentos. Com isso, será realizado novo reprocessamento das informações pela Dataprev.

Dados inconclusivos: Caso o sistema identifique problemas nos dados do cidadão que impeçam a análise para concessão do benefício, o sistema vai orientar que se realize um novo requerimento no site da Caixa para complementar ou confirmar seus dados cadastrais ou de sua família.

Assim, observando essas respostas, é possível saber se alguém usou os dados indevidamente para pedir o benefício.

Segundo o Ministério da Cidadania, em casos suspeitos de fraude no auxílio emergencial, o cidadão deve registrar denúncia no sistema Fala.Br (Plataforma integrada de Ouvidoria e Acesso à Informação da Controladoria Geral da União - CGU), disponível na internet ou pelos telefones 121 ou 0800 7070 2003.

 

 

Fonte

Agência Brasil

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

BRASIL
Brasil demite menos, mas EUA têm recuperação mais rápida dos empregos
Brasil demite menos, mas EUA têm recuperação mais rápida dos empregos
VISUALIZAR
BRASIL
Brasil deve perder 2,8 milhões de empregos em 2020, diz economista da CNC
Brasil deve perder 2,8 milhões de empregos em 2020, diz economista da CNC
VISUALIZAR
Economia
Banco do Nordeste destina R$ 8,3 bilhões para o Plano Safra 2020-2021
Banco do Nordeste destina R$ 8,3 bilhões para o Plano Safra 2020-2021
VISUALIZAR
Pandemia
Cientistas dizem que reabrir comércio no Rio Grande do Norte foi “equívoco”
Cientistas dizem que reabrir comércio no Rio Grande do Norte foi “equívoco”
VISUALIZAR
BRASIL
Dados indicam crescimento do neonazismo no Brasil
Dados indicam crescimento do neonazismo no Brasil
VISUALIZAR
BRASIL
Anvisa autoriza fase 3 de testes de vacina chinesa contra novo coronavírus
Anvisa autoriza fase 3 de testes de vacina chinesa contra novo coronavírus
VISUALIZAR
Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )