Portal Correio do Agreste - A serviço do povo!

Notícias Policial

Assaltantes desafiam ações da PM e continuam agindo

Nem aluna e instrutor de auto-escola escaparam da audácia dos marginais, em plena aula

Assaltantes desafiam ações da PM e continuam agindo
Assaltantes desafiam ações da PM e continuam agindo. Foto: Divulgação
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Com ou sem feriado, a bandidagem não descansa. Em menos de 24 horas, três assaltos foram registrados em Natal. Por volta das 11:45 horas desta quarta-feira 13, aluna e instrutores de uma autoescola foram assaltados na Autoescola Payatis, localizada no bairro de Morro Branco, Zona Sul de Natal.

De acordo com o comandante de policiamento da área, uma mulher e um instrutor da autoescola estavam dentro de um dos carros para treinamentos, quando foram surpreendidos por dois indivíduos em uma moto Honda Fan. Os criminosos desceram da moto e roubaram o celular e a carteira das vítimas. Além deles, outro instrutor também foi assaltado. Até o fechamento desta edição, nenhum bandido foi preso.

Já às 9:30 horas da terça 12, outras ações criminosas. A polícia registrou um “arrastão” em um ônibus na zona Sul de Natal, no feriado de Nossa Senhora Aparecida. Os bandidos entraram no veículo como passageiros. Foram levados celulares, bolsas e pertences. As informações são do Bom Dia RN/InterTV Cabugi.

O caso aconteceu na linha 37, que seguia para o conjunto Cidade Satélite. Os dois suspeitos subiram no transporte na parada do Natal Shopping e anunciaram o assalto, quando o ônibus estava na avenida dos Caiapós. Um deles estava armado com uma pistola.

Eles se dividiram na parte da frente e de trás do veículo, obrigando as pessoas a passarem seus pertences. Foram 11 vítimas, contando com o motorista, que explicou que ter sido o segundo assalto no mesmo local e na mesma linha, se tornando o 12º desde que começou a trabalhar com transporte público. “Até é tranquilo na rua, mas os caras quando vêm não querem saber de que lado vem. Leva mesmo, parece que ele escolhe um dia como hoje atípico, que tem pouco movimento e pouca polícia na rua e faz e acontece e acabou”, afirmou.

Após o crime, os criminosos fugiram. Até o fechamento dessa edição, nenhum dos criminosos foram encontrados.

O crime foi o segundo registrado em menos de uma hora em Natal. Na mesma data, aconteceu outro assalto a ônibus. Dessa vez, na zona Norte da cidade.

Uma dupla de assaltantes levou o dinheiro do motorista e a carteira de um passageiro em um ônibus na zona Norte de Natal. O alvo dos criminosos foi um ônibus da linha 07, Alvorada IV, que seguia para o terminal. Os bandidos usaram um simulacro – imitação de arma – e foram detidos pela PM logo em seguida.

“Eles pararam ali de frente ao Posto Interlagos com a pistola e anunciaram o assalto. Aí eu dei o dinheiro do caixa a ele, que estava na gaveta. E tomou o documento do rapaz que estava comigo. Aí eles desceram e foram embora, não deu para identificar direito não”, disse o motorista.

Segundo um passageiro que também foi vítima do assalto, os bandidos estavam apressados: “Pediram para mim se aproximar da roleta e levaram minha carteira, ainda queriam levar a bolsa, mas eles estavam agoniados, né?! Como sempre”, afirmou.

Os criminosos foram surpreendidos por policiais do 4º Batalhão da PM que faziam patrulhamento em uma viatura na rua Aracati, no conjunto Santa Catarina. Ao perceberem que os homens agiam de forma suspeita, fizeram uma abordagem e encontraram a carteira e o dinheiro de uma das vítimas assaltadas dentro do transporte coletivo.

Os bandidos ainda tentaram se desfazer do simulacro e jogaram o objeto no matagal, mas os policiais também encontraram.

A dupla foi conduzida pelos PMs para a carceragem da Delegacia de Plantão da Zona Norte. Além do simulacro de pistola, os policiais militares recuperaram a carteira e celulares roubados de outras pessoas na mesma sequência de crimes praticados pelos dois.

O comandante do Policiamento Metropolitano, coronel Antônio Marinho da Silva, lamenta os assaltos, mas reforça que a PM tem trabalhado prevenir os assaltos a ônibus: “Seria ideal que não houvesse nenhum caso, mas houve estes que foram registrados. Estamos reforçando as abordagens a coletivos em várias áreas para evitar e não deixar os números aumentem mais. Houve cinco assaltos em todo ano de 2021 em Cidade Satélite”, relata.

Segundo dados do próprio Comando de Policiamento Metropolitano, essas são as estatísticas de assaltos a coletivos dos últimos três anos:

– 2018 à 2020 – Redução de 51,78
– 2019 à 2020- Redução de 50,7
– Jan a Set de 2020/ Jan à Set de 2021 – Redução de 26,6.

“Continuamos trabalhando, fazendo abordagens nos mais diferentes pontos. A Polícia Militar está nas ruas e a sociedade sabe disso. Mas não temos como estar em todos os lugares ao mesmo tempo”, disse Marinho.

FONTE/CRÉDITOS: agorarn
Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!