Portal Correio do Agreste - A serviço do povo!

Arena das Dunas tenta impedir ambulância no gramado e atrasa socorro a atleta

Zagueiro Adriano Alves, do América, ficou desacordado por vários minutos no gramado da Arena das Dunas e teve seu socorro prejudicado por funcionários

Adriano Alves foi socorrido por três médicos e levado até à ambulância

Uma situação incomum gerou revolta em atletas, comissões técnicas e torcedores durante o Clássico-Rei entre América e ABC, disputado na tarde do último domingo, 10, na Arena das Dunas, pela 4ª rodada do Campeonato Potiguar de 2019.

Nos minutos iniciais do segundo tempo, quando o Alvirrubro já vencia o jogo por 2 a 0, um choque envolvendo o zagueiro Adriano Alves e o goleiro Ewerton, ambos do América, deixou o defensor desacordado por alguns minutos, gerando pânico nos demais jogadores.

Lance que deixou Adriano Alves desacordado no gramado da Arena. (Foto: José Aldenir / Agora RN)

A cena preocupou também os médicos de América, ABC e da Federação Norte-Rio Grandense de Futebol (FNF), que atendiam conjuntamente o atleta. Dada a gravidade do caso, os profissionais solicitaram a entrada da ambulância no gramado para fazer o traslado do jogador até o hospital.

O que eles não contavam era que o trabalho da ambulância fosse prejudicado por funcionários da Arena das Dunas, que tentaram impedir a entrada do carro no gramado de modo a preservá-lo. Foram necessários cerca de 3 minutos até que a ambulância chegasse próximo do atleta.

Jogadores do América se desesperaram com a situação do companheiro. (Foto: José Aldenir / Agora RN)

Ainda assim, o acesso foi feito, majoritariamente, pela área externa do campo, que possui grama sintética, justamente pelo fato do motorista ter sido orientado a não trafegar pela grama original. Apenas os pneus dianteiros da ambulância conseguiram acessar o campo, sob protestos de funcionários.

A remoção de Adriano Alves para o hospital demorou, ao todo, cerca de 10 minutos. O atleta, apesar do susto e de ter sido substituído, conseguiu se recuperar antes do final do jogo e, inclusive, esteve no vestiário rubro para comemorar com os demais atletas a vitória por 3 a 0 diante do rival.

Ambulância só foi permitida acessar o gramado pelas laterais, que possuem grama sintética. (Foto: José Aldenir / Agora RN)

A reportagem entrou em contato com a Arena das Dunas para ouvir a administração sobre o ocorrido, mas foi informada que, pelo menos por enquanto, não haverá qualquer manifestação. Todavia, uma reunião está agendada para esta tarde entre os diretores para tratar do assunto.

Fonte

José Aldenir / Agora RN
  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Arena das Dunas tenta impedir ambulância no gramado e atrasa socorro a atleta

José Aldenir / Agora RN

Uma situação incomum gerou revolta em atletas, comissões técnicas e torcedores durante o Clássico-Rei entre América e ABC, disputado na tarde do último domingo, 10, na Arena das Dunas, pela 4ª rodada do Campeonato Potiguar de 2019.

Nos minutos iniciais do segundo tempo, quando o Alvirrubro já vencia o jogo por 2 a 0, um choque envolvendo o zagueiro Adriano Alves e o goleiro Ewerton, ambos do América, deixou o defensor desacordado por alguns minutos, gerando pânico nos demais jogadores.

Lance que deixou Adriano Alves desacordado no gramado da Arena. (Foto: José Aldenir / Agora RN)

A cena preocupou também os médicos de América, ABC e da Federação Norte-Rio Grandense de Futebol (FNF), que atendiam conjuntamente o atleta. Dada a gravidade do caso, os profissionais solicitaram a entrada da ambulância no gramado para fazer o traslado do jogador até o hospital.

O que eles não contavam era que o trabalho da ambulância fosse prejudicado por funcionários da Arena das Dunas, que tentaram impedir a entrada do carro no gramado de modo a preservá-lo. Foram necessários cerca de 3 minutos até que a ambulância chegasse próximo do atleta.

Jogadores do América se desesperaram com a situação do companheiro. (Foto: José Aldenir / Agora RN)

Ainda assim, o acesso foi feito, majoritariamente, pela área externa do campo, que possui grama sintética, justamente pelo fato do motorista ter sido orientado a não trafegar pela grama original. Apenas os pneus dianteiros da ambulância conseguiram acessar o campo, sob protestos de funcionários.

A remoção de Adriano Alves para o hospital demorou, ao todo, cerca de 10 minutos. O atleta, apesar do susto e de ter sido substituído, conseguiu se recuperar antes do final do jogo e, inclusive, esteve no vestiário rubro para comemorar com os demais atletas a vitória por 3 a 0 diante do rival.

Ambulância só foi permitida acessar o gramado pelas laterais, que possuem grama sintética. (Foto: José Aldenir / Agora RN)

A reportagem entrou em contato com a Arena das Dunas para ouvir a administração sobre o ocorrido, mas foi informada que, pelo menos por enquanto, não haverá qualquer manifestação. Todavia, uma reunião está agendada para esta tarde entre os diretores para tratar do assunto.

Publicidade

Classificados

VEJA MAIS
Vende – se: Fazenda no Sítio Poço Verde, Russas (Ceará)
Vende – se: Fazenda no Sítio Poço Verde, Russas (Ceará)

Russas, Ceará

R$1.250.000,00
DETALHES
Chevrolet Cruze
Chevrolet Cruze

Palotina

R$67.000,00
DETALHES
Casa de Alvenaria Mobiliada
Casa de Alvenaria Mobiliada

Palotina

R$1.500.000,00
DETALHES
Honda Civic
Honda Civic

Palotina

R$195.000,00
DETALHES
MAIS CLASSIFICADOS
Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )