Portal Correio do Agreste - A serviço do povo!

Ajuda federal para a Saúde do RN foi “pequeno alívio”, diz Cipriano Maia

Teto de gasto de R$ 200 milhões mensais para a Secretaria Estadual de Saúde passará para R$ 203 milhões
Ajuda federal para a Saúde do RN foi “pequeno alívio”, diz Cipriano Maia
Recursos financiarão internações e cirurgias no âmbito do Estado

OUVIR NOTÍCIA

Teto de gasto de R$ 200 milhões mensais para a Secretaria Estadual de Saúde passará para R$ 203 milhões por mês de um dinheiro que não poderá ser usado para custeio

O secretário de Saúde do RN, Cipriano Maia, qualificou nesta terça-feira, 20, de um “pequeno alívio” a liberação de R$ 84,5 milhões do governo federal para a ampliação da Atenção Primária e Hospitalar em 51 municípios do Rio Grande do Norte.

Sobre os R$ 35 milhões a serem destinados à ampliação do custeio dos serviços de média e alta complexidade administrados pelo governo estadual, o secretário explicou que o recurso não entrará de uma vez para o Estado e sim em 12 parcelas.

“Nosso teto de gasto é de R$ 200 milhões por mês e, como esse recurso novo, devemos subir para algo como R$ 203 milhões por mês de um dinheiro que não poderá ser usado para custeio, o que nos obrigará a fazer arranjos para atender melhor os hospitais do interior”, lembrou o secretário.

São estes recursos que financiam, por exemplo, internações, cirurgias, exames complementares e outros procedimentos médicos.

Na última sexta-feira, 16, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, assinou assinou a liberação de R$ 84,5 milhões do governo federal para a ampliação da Atenção Primária e Hospitalar em 51 municípios do Rio Grande do Norte.

O Hospital da PM também receberá recursos e, segundo Cipriano Maia, sua estrutura que vem recebendo investimentos nos últimos anos deve ser usada de apoio para auxiliar nas cirurgias eletivas – aquelas que, segundo ele, devem ser atendidas para evitar que se transformem em futuras urgências.

“São 110 leitos e sete Centros Cirúrgicos que serão importantes para o trabalho”, comentou.

Para a unidade deverão ser liberados R$ 7,8 milhões por ano. Já Natal receberá R$ 4,8 milhões anuais, além de um repasse de R$ 500 mil, em parcela única, para o Hospital Infantil Varela Santiago. Especializada no tratamento contra o câncer infantil, a unidade ainda deverá receber R$ 1,8 milhão por ano para o custeio adicional.

Para Mossoró, foi assinada a liberação de R$ 139,8 mil, além da destinação de R$ 840 mil para a qualificação da UPA Geraldo de Souza, em São José de Mipibu. E Touros deverá ser beneficiado com R$ 480 mil anuais para a implantação e custeio de mais uma Equipe Multiprofissional de Atenção Domiciliar e de Apoio.

Ainda segundo o secretário Cipriano Maia, a intenção do governo estadual é ofertar, na medida do possível, mais serviços no interior, seguindo a política do SUS de fortalecer a rede regional, evitando sobrecarga de pacientes em Natal e Mossoró.

Entrevistado desta terça-feira do programa “Agora News”, da 97,9 FM, o secretário lembrou os R$ 123 milhões de restos a pagar de sua pasta, herdados da gestão anterior, e das quedas sucessivas de transferências do SUS. Isso, segundo ele, fez com que a pasta tivesse quase R$ 200 milhões em contratos sem recursos para cobrir.

Ele anunciou que a Secretaria planeja para setembro lançar o programa RN + Saudável dentro da linha de prevenção. “Diabetes, hipertensão, são problemas comuns decorrentes do excesso de sal e açúcar e devem contar com uma atenção”, destacou.

Fonte

José Aldenir / Agora RN

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

Policial
Situação sai de controle na greve da PM do Ceará
Situação sai de controle na greve da PM do Ceará
VISUALIZAR
GRANDE NATAL
Grande Natal tem sete praias impróprias para banho neste fim de semana
Grande Natal tem sete praias impróprias para banho neste fim de semana
VISUALIZAR
BRASIL
Coronavírus: Brasil expande vigilância de passageiros de 7 países asiáticos
Coronavírus: Brasil expande vigilância de passageiros de 7 países asiáticos
VISUALIZAR
BRASIL
Governo divulga calendário do Bolsa Família
Governo divulga calendário do Bolsa Família
VISUALIZAR
Esportes
Venezuelana bate recorde mundial de salto triplo com 15,43 m
Venezuelana bate recorde mundial de salto triplo com 15,43 m
VISUALIZAR
Mundo
Harry e Meghan deixarão de usar nome que remete à monarquia do Reino Unido
Harry e Meghan deixarão de usar nome que remete à monarquia do Reino Unido
VISUALIZAR
Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )