Portal Correio do Agreste - A serviço do povo!

Agência Europeia de Medicamentos desaconselha ivermectina contra Covid e alerta para riscos

No Brasil, um grupo de médicos que defende o tratamento precoce contra o novo coronavírus implica o consumo de medicamentos mesmo como profilaxia e se
Agência Europeia de Medicamentos desaconselha ivermectina contra Covid e alerta para riscos
Caixa de ivermectina - Foto: Reprodução

OUVIR NOTÍCIA

A Agência Europeia de Medicamentos (EMA) emitiu um comunicado nesta segunda-feira, 22, desaconselhando o uso de ivermectina no tratamento e na prevenção de Covid-19. Ela concluiu que os dados que estão à disposição não confirmam a necessidade de utilização desse fármaco criado na década de 70 contra o coronavírus – ele é indicado para tratar infestações de parasitas como piolho e sarna. “Na União Europeia, os comprimidos de ivermectina são aprovados para o tratamento de algumas infestações de vermes parasitas, enquanto fórmulas preparadas com ivermectina são aprovadas para o tratamento de doenças de pele como a rosácea. A ivermectina também está autorizada para uso veterinário em uma ampla gama de espécies animais para parasitas internos e externos. Os medicamentos com ivermectina não estão autorizados para uso na covid-19 na União Europeia e a EMA não recebeu nenhum pedido para esse uso”, disse. No Brasil, um grupo de médicos que defende o tratamento precoce contra a Covid-19, que implica o consumo de medicamentos mesmo como profilaxia e sem que a pessoa esteja sentindo qualquer sintoma, colocou a ivermectina como um dos remédios que deveria ser utilizados contra a Covid-19. Ele está no mesmo grupo de outros, sem eficácia comprovada, como a cloroquina, e ambos são defendidos pelo presidente Jair Bolsonaro. “Após recentes relatórios de publicações sobre o uso de ivermectina, a EMA revisou as evidências publicadas mais recentes de estudos de laboratório, estudos observacionais, ensaios clínicos e meta-análises. Estudos de laboratório descobriram que a ivermectina pode bloquear a replicação do SARS-CoV-2 (o vírus que causa o COVID-19), mas em concentrações de ivermectina muito mais altas do que as alcançadas com as doses atualmente autorizadas”, disse a EMA. “Os resultados dos estudos clínicos foram variados, com alguns estudos mostrando nenhum benefício e outros relatando um benefício potencial. A maioria dos estudos revisados pela EMA era pequena e tinha limitações adicionais, incluindo diferentes regimes de dosagem e uso de medicamentos concomitantes. A EMA concluiu, portanto, que a evidência atualmente disponível não é suficiente para apoiar o uso de ivermectina para covid-19 fora dos ensaios clínicos”, continuou. A EMA reforça que o uso indiscriminado de ivermectina pode levar a efeitos colaterais indesejados e reitera que sua declaração de saúde pública é endossada também pela Força Tarefa contra a Covid-19 (COVID-ETF). No Brasil, a utilização de ivermectina como profilaxia tem provocado problemas no fígado de muitos pacientes, alguns inclusive com a necessidade de transplante devido à alta dosagem de medicamente ineficaz contra a covid-19 que consumiu. Por causa do problema, a Merck, fabricante do remédio, informou em comunicado em fevereiro que não há dados que sustentem o uso dele contra a covid-19 e que não existe base científica para a recomendação do vermífugo contra a covid-19.


Fonte

Agora rn

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

GRANDE NATAL
Homem é assassinado a tiros na frente da casa dos pais na Grande Natal
Homem é assassinado a tiros na frente da casa dos pais na Grande Natal
VISUALIZAR
BOMBA
Bolsonaro cometeu crime que dá pena de três a seis anos de cadeia, ao cobrir a placa de sua...
Bolsonaro cometeu crime que dá pena de três a seis anos de cadeia, ao cobrir a placa de sua moto
VISUALIZAR
AL RN
Mais de 50 pessoas participam da campanha de doação de sangue da ALRN neste sábado em Natal
Mais de 50 pessoas participam da campanha de doação de sangue da ALRN neste sábado em Natal
VISUALIZAR
DF
Morre, em Brasília, o ex-vice-presidente da República Marco Maciel
Morre, em Brasília, o ex-vice-presidente da República Marco Maciel
VISUALIZAR
Rio Grande do Norte
Em um dia, RN confirma 19 novas mortes pela covid-19 e mais de 2 mil novos casos
Em um dia, RN confirma 19 novas mortes pela covid-19 e mais de 2 mil novos casos
VISUALIZAR
Policial
PM detém homem por crime de violência doméstica na Grande Natal
PM detém homem por crime de violência doméstica na Grande Natal
VISUALIZAR
Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )