Portal Correio do Agreste - A serviço do povo!

Acusados de planejar morte de hoteleiro em Natal são condenados a prisão

Ademar Miranda Neto, de 58 anos, foi assassinado a tiros em 2016.

Júri acontece no Tribunal do Júri do Fórum Miguel Seabra Fagundes, no bairro de Lagoa Nova, na Zona Sul da capital potiguar — Foto: Mariana Rocha/Inter TV Cabugi

Foram condenados na madrugada deste sábado (13), após três dias de julgamento, os dois acusados de planejarem o assassinato do hoteleiro Ademar Miranda Neto, de 58 anos - crime ocorrido em junho de 2016, em Natal. Martha Renatta Borsatto Messias Miranda, viúva da vítima e considerada a autora do homicídio, pegou 20 anos de prisão. Já Antônio Ribeiro de Andrade Neto, namorado dela, o coautor do crime, a 14 anos de reclusão.

O júri, que começou na manhã da quarta-feira (10), foi presidido pelo juiz José Armando Pontes Júnior e aconteceu no Tribunal do Júri do Fórum Miguel Seabra Fagundes, no bairro de Lagoa Nova, na Zona Sul da capital potiguar. Três homens e quatro mulheres compuseram o júri popular.

Renatta Borsatto Miranda e Antônio Neto foram condenados pela morte do hoteleiro Ademar Miranda em Natal â?? Foto: Acson Freitas/Inter TV Cabugi

Ao todo, 14 pessoas foram ouvidas: os dois réus e mais 14 testemunhas, sendo cinco de acusação e sete como testemunhas de defesa. Ao longo desta sexta, aconteceram os debates entre os advogados dos réus e os promotores do Ministério Público, encarregados pela acusação.

Ademar Miranda Neto estava dirigindo quando dois criminosos em uma motocicleta se aproximaram e atiraram â?? Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi

Ademar Miranda Neto estava dirigindo quando dois criminosos em uma motocicleta se aproximaram e atiraram — Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi

 

Fonte

Anderson Barbosa e Acson Freitas, G1 RN e Inter TV Cabugi
  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Acusados de planejar morte de hoteleiro em Natal são condenados a prisão

Anderson Barbosa e Acson Freitas, G1 RN e Inter TV Cabugi

Foram condenados na madrugada deste sábado (13), após três dias de julgamento, os dois acusados de planejarem o assassinato do hoteleiro Ademar Miranda Neto, de 58 anos - crime ocorrido em junho de 2016, em Natal. Martha Renatta Borsatto Messias Miranda, viúva da vítima e considerada a autora do homicídio, pegou 20 anos de prisão. Já Antônio Ribeiro de Andrade Neto, namorado dela, o coautor do crime, a 14 anos de reclusão.

O júri, que começou na manhã da quarta-feira (10), foi presidido pelo juiz José Armando Pontes Júnior e aconteceu no Tribunal do Júri do Fórum Miguel Seabra Fagundes, no bairro de Lagoa Nova, na Zona Sul da capital potiguar. Três homens e quatro mulheres compuseram o júri popular.

Renatta Borsatto Miranda e Antônio Neto foram condenados pela morte do hoteleiro Ademar Miranda em Natal â?? Foto: Acson Freitas/Inter TV Cabugi

Ao todo, 14 pessoas foram ouvidas: os dois réus e mais 14 testemunhas, sendo cinco de acusação e sete como testemunhas de defesa. Ao longo desta sexta, aconteceram os debates entre os advogados dos réus e os promotores do Ministério Público, encarregados pela acusação.

Ademar Miranda Neto estava dirigindo quando dois criminosos em uma motocicleta se aproximaram e atiraram â?? Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi

Ademar Miranda Neto estava dirigindo quando dois criminosos em uma motocicleta se aproximaram e atiraram — Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi

 

Publicidade

Classificados

VEJA MAIS
Vende – se: Fazenda no Sítio Poço Verde, Russas (Ceará)
Vende – se: Fazenda no Sítio Poço Verde, Russas (Ceará)

Russas, Ceará

R$1.250.000,00
DETALHES
Chevrolet Cruze
Chevrolet Cruze

Palotina

R$67.000,00
DETALHES
Casa de Alvenaria Mobiliada
Casa de Alvenaria Mobiliada

Palotina

R$1.500.000,00
DETALHES
Honda Civic
Honda Civic

Palotina

R$195.000,00
DETALHES
MAIS CLASSIFICADOS
Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )