Portal Correio do Agreste - A serviço do povo!

Domingo, 21 de Julho de 2024
JATOBÁ
JATOBÁ

FUTEBOL

Queda do ABC preocupa Rafael Lacerda

Depois de assistir a equipe escapar de uma derrota, de virada, no Frasqueirão, na estreia da Copa do Nordeste

Marcone Pedro
Por Marcone Pedro
Queda do ABC preocupa Rafael Lacerda
O centroavante Parraguez não rendeu o esperado, mas fez o gol - Foto: Rennê Carvalho
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

Depois de assistir a equipe escapar de uma derrota, de virada, no Frasqueirão, na estreia da Copa do Nordeste diante do Maranhão, tudo que o treinador Rafael Lacerda não deseja ver de novo são os erros que o ABC cometeu. Na avaliação do próprio comandante alvinegro, a equipe potiguar atuou apenas 34 minutos, depois cometeu uma série de erros que permitiu aos maranhenses “namorar” com a vitória até a reta final do segundo tempo.


Classificado para semifinal do primeiro turno no Campeonato Estadual, a equipe alvinegra volta a campo nesta quarta-feira para encarar o Potiguar de Mossoró, no estádio Frasqueirão. O confronto que não servirá para alterar em nada a situação abecedista para os mossoroenses será um confronto decisivo, uma vez que eles necessitam vencer, de preferência por uma margem segura de gols, para garantir presença na próxima fase, onde irá encarar o América, líder do grupo A.


“Não pode fazer 34 minutos de um nível bom de futebol e apresentar uma terrível queda de rendimento na segunda parte do jogo. A responsabilidade pelo que ocorreu diante do Maranhão é minha, agora temos de nos recuperar na partida desta quarta-feira, porque, na sequência, no sábado teremos outro compromisso difícil diante do Vitória, em Salvador, novamente pela Copa do Nordeste. Não é momento de achar culpados, volto a dizer que a responsabilidade é minha e a partir de agora temos de procurar entender o que vem provocando essa queda de rendimento da equipe do ABC”, disse Lacerda.


Mesmo sem querer transferir a culpa pelos problemas apresentados pela equipe para diretoria, o comandante abecedista não esconde que vem trabalhando com um elenco curto e que necessita da chegada de mais reforços. Um deles já desembarcou no clube que é Douglas Skilo, mas Rafael Lacerda ainda aguarda a chegada de um meia para armar as jogadas ofensivas do grupo.


“O mercado não está fácil, existe uma limitação financeira do clube, que com o rebaixamento sofreu com uma brusca queda de rendimento e não sei se teremos condições de incorporar mais algum nome neste momento. Acredito que devam ser agregados reforços mais para o final do Estadual e já pensando na campanha da Série C, mas agora sabemos que é difícil”, destacou.


Um dos erros apontados como fatais para queda de rendimento no jogo passado, foi justamente a falta de um homem para armar as jogadas ofensivas no meio-campo. Na opinião do treinador, a partir dos 35 minutos, a equipe passou a apresentar pressa e abusou das tentativas de ligação direta entre a defesa e o ataque. Se perdendo em meio ao sistema de marcação montado pelo Maranhão. “No segundo tempo, quando levamos o gol antes do primeiro minuto de jogo, nossa equipe sofreu uma espécie de apagão. Não podemos nos abater a esse ponto por causa de um gol, é começo de temporada. O gru está se conhecendo, se encontra em evolução e necessita melhorar nestas questões. Para tanto necessitamos trabalhar mais, embora o calendário não nos permita esse tempo”, salientou.

FONTE/CRÉDITOS: Tribuna do Norte
REDEC
REDEC
REDECON
REDECON

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )