Portal Correio do Agreste - A serviço do povo!

Futebol FUTEBOL

Empresário alega que Corinthians descumpriu acordo por Guilherme Arana e cobra R$ 4,4 milhões

Timão reconheceu dívida em abril e negociou parcelamento; empresário decidiu ir à Justiça

Empresário alega que Corinthians descumpriu acordo por Guilherme Arana e cobra R$ 4,4 milhões
Guilherme Arana foi vendido pelo Corinthians ao Sevilla em 2017 — Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

O empresário Nilson Moura, da empresa Art Sports, ingressou com ação na Justiça contra o Corinthians cobrando R$ 4,4 milhões. O valor é referente à participação do agente na transferência do lateral-esquerdo Guilherme Arana para o Sevilla, da Espanha, em 2017.

Inicialmente, Nilson Moura teria direito a 739 mil euros, o equivalente a R$ 4,5 milhões na cotação atual. Em abril deste ano, o Corinthians reconheceu ter pago apenas R$ 303 mil ao agente e firmou um acordo para parcelar o débito até o fim de 2023.

Porém, o empresário alega que isso não foi cumprido. Agora, ele cobra o valor com juros, além de honorários advocatícios.

A Art Sports dividia com outra empresa, a Elenko Sports, 60% dos direitos econômicos de Guilherme Arana. O Timão tinha 40% do atleta.

Atualmente no Atlético-MG, o lateral-esquerdo disputou 89 jogos pelo Corinthians e marcou quatro gols.

FONTE/CRÉDITOS: Redação do ge — São Paulo
Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!